ANO: 25 | Nº: 6278
30/05/2019 Segurança

Polícia revela novas informações sobre perseguição que culminou em acidente fatal

Foto: Antônio Rocha

Veículo capotou na avenida Leonel Brizola
Veículo capotou na avenida Leonel Brizola

Novas informações foram divulgadas, ontem, pelo Serviço de Inteligência da Brigada Militar e pela Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco), a respeito de investigações desenvolvidas que resultaram, na terça-feira, em uma perseguição que terminou com um acidente fatal, registrado na avenida Leonel Brizola.
Segundo repassado à reportagem, agentes de ambos órgãos de segurança estavam monitorando uma residência, no bairro Ivo Ferronato, que pertencia a uma mulher que está presa, desde 14 de maio, acusada de tráfico de drogas, e que seria ligada aos presos Tiago Rafael Leges Ferreira, conhecido como "Mochilão", e Marcos Diego Brignol Vaz.
Conforme o registro de ocorrência, da Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA), um dos policiais do Setor de Inteligência avistou o veículo HB20 estacionado em frente à residência da referida mulher no qual, possivelmente, haveriam homens de Porto Alegre, os quais teriam vindo, segundo o boletim policial, para tomar pontos de tráfico de drogas.
Ainda segundo relatado, quando o veículo saiu em direção à zona leste, uma guarnição foi orientada para que fosse feita a abordagem. Contudo, o condutor do veículo que estava sendo acompanhado avistou a viatura e empreendeu em fuga, em alta velocidade, acabando por capotar próximo ao Instituto Federal Sul Rio-grandense, na avenida Leonel Brizola. No acidente, o motorista, identificado como Leonardo de Souza Bueno, de 22 anos, morreu no local. Uma jovem de 17 anos, que estava de passageira no veículo, ficou ferida. Ela precisou ser hospitalizada; ontem foi liberada.

Prisão

Logo após a perseguição ser encerrada e o sinistro passar a ser acompanhado por autoridades policiais, outra guarnição foi em direção à residência do bairro Ivo Ferronato. Consta, no boletim de ocorrência, que agentes avistaram dois homens fugindo, pulando para o pátio de um vizinho, sendo abordados na sequência. Renan César Guimarães, de 23 anos, estava de posse de uma pistola calibre 9 milímetros, com carregador e numeração raspada, cinco munições de mesmo calibre, sendo preso em flagrante. O outro homem era um menor de 17 anos.
Com os dois menores (a mulher envolvida no acidente e o adolescente encontrado no imóvel) e com o acusado detido, foram encontrados três cadernos que serviriam para contabilidade do grupo, referente à comercialização de drogas, além de dois telefones celulares, R$ 317 em dinheiro, um cartão de banco no nome da menor, um molho de chaves e uma folha de anotações do tráfico.
A partir de agora, conforme apurado pela reportagem, um inquérito será elaborado pela equipe da Draco, o qual, assim que concluído, será remetido ao Poder Judiciário.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...