ANO: 25 | Nº: 6331
07/06/2019 Urcamp em Pauta

Curso de Farmácia: um mercado promissor

Foto: Ketherine Acosta/EspecialJM

Graduação na Urcamp tem cinco anos de duração e é oferecida no Campus Bagé
Graduação na Urcamp tem cinco anos de duração e é oferecida no Campus Bagé
por Diego Rodrigues
Acadêmico de Jornalismo da Urcamp

Estudar substâncias que integram medicamentos, realizar exames em laboratórios, fazer análises toxicológicas e biológicas, são algumas áreas de atuação do farmacêutico. O curso de Farmácia da Urcamp tem duração de cinco anos e é oferecido no Campus Bagé. Divididas em práticas e teóricas, as aulas também contam com 800 horas de estágio curricular.
De acordo com o coordenador do curso, professor Guilherme Cassão M. Bragança, o mercado de trabalho é muito promissor para os profissionais de Farmácia. A grande maioria dos formandos consegue ingressar no mercado. "Nosso curso tem altíssima empregabilidade, temos um acompanhamento com nossos formados e 100% dos que buscaram o mercado, conquistaram vaga", declarou.
Bragança comenta sobre a importância da nova metodologia adotada pela Urcamp, a Graduação I, e como ela vem sendo aplicada no curso. "Está sendo fantástico. No início, tivemos uma apresentação do que é a Graduação I para os alunos e eles ficaram encantados. Hoje, eles percebem que têm muito mais possibilidades, estão nas comunidades vendo os problemas, não só a teorização, mas a prática", explica.
Por já atuar no ramo de Farmácia e ter gosto pela área da Saúde, a acadêmica do 1° semestre, Vitória Centena, optou pelo curso. Para ela, os primeiros contatos com as disciplinas e com a Graduação I estão sendo bem prazerosos. "Para a gente, que entrou agora, está sendo bem legal. A graduação ajuda muito a parte de fora, a comunidade. Teremos a possibilidade de ter mais aulas práticas, o que ajuda mais na hora de aprender," relata.

A importância do Estágio Curricular

A profissão de farmacêutico é muito abrangente e o recém-formado pode trabalhar em diversos lugares. O profissional deve ter muita atenção e precisa estar em plena atualização.
Formada em 2012, Hanan Laila lembra como foi seu início na Urcamp. "Eu entrei no curso de Farmácia em 2008. Na época, não tinha muita percepção das expectativas. Eu queria algo ligado à Saúde e, vendo alguns amigos cursando, fiquei estimulada em cursar. O que acabou me surpreendendo mais ainda quando comecei, foi que a graduação abria uma quantidade significativa de áreas em que o formado pode atuar e o curso já prepara o aluno para isso desde o primeiro semestre", recorda.
Para Hanan, os estágios curriculares são importantes como uma experiência didática e profissional. "É parte fundamental de qualquer curso, é ali que tu vais colocar em prática tudo o que aprendeste e aprimorar os conhecimentos. E não deixa de ser uma forma de preparar o estudante para o futuro profissional que ele será. Muitas vezes, esse pode ser o local que irá te abrir portas e oferecer um emprego quando te formares. Hoje, não me vejo atuando em outra profissão. A faculdade me deu bases para ser a profissional que sou, e há muitos nichos a serem explorados dentro do curso. É só saber aproveitar as oportunidades e se dedicar", conclui.

Deixe seu comentário abaixo

Outras edições

Carregando...