ANO: 25 | Nº: 6312
11/06/2019 Fogo cruzado

Câmara suspende projeto que altera exigência para cargo de Coordenador de Comunicação

O Legislativo bajeense suspendeu a tramitação do projeto de lei que alteraria dois artigos do Plano de Classificação de Cargos e Remuneração dos servidores da Câmara de Vereadores de Bagé. A proposta, que integrava a pauta das sessões extraordinárias de ontem, poderia eliminar a exigência do diploma de Jornalismo para o exercício do cargo de Coordenador de Comunicação da Casa.
A proposição não chegou a ser apreciada pelas comissões técnicas. Antes da sessão ordinária, aberta às 10h15, os parlamentares se reuniram para discutir a proposta. Lideranças do PT, PSB e da Rede Sustentabilidade apresentaram questionamentos à matéria, manifestando posições contrárias à alteração. Integrantes da mesa diretora decidiram, então, retirar a proposição da pauta.
A legislação em vigor determina, como escolaridade para o exercício do cargo de Coordenador de Comunicação, educação superior completa em Comunicação Social, admitindo, também, quem está cursando a graduação. O projeto que poderia alterar a redação em vigor permitia a admissão, para exercer o cargo, de quem possuir educação superior em qualquer área ou quem estiver cursando Comunicação Social. A proposta, porém, ainda pode voltar a tramitar com a mesma redação ou com alterações.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...