ANO: 25 | Nº: 6331
12/06/2019 Urcamp em Pauta

O papel da Psicologia na sociedade atual

Foto: Samuel Oliveira/EspecialJM

Camila apostou na graduação para profissão que sempre sonhou
Camila apostou na graduação para profissão que sempre sonhou
por Samuel Oliveira
Acadêmico de Jornalismo da Urcamp

A fascinação pela mente e o comportamento humano foram os fatores que influenciaram Camila Zavarize Bastos, de 21 anos, a correr atrás do seu sonho de ingressar no curso de Psicologia. A acadêmica do 1º semestre conta que seu primeiro contato com a área foi ao fazer terapia, logo depois tomou gosto pelos livros que tratavam do assunto.
Sobre as expectativas a respeito do curso, Camila revela que deseja adquirir todo conhecimento necessário para o sucesso profissional. "Espero levar para vida as experiências adquiridas no Ensino Superior. É um curso que nos exige muito, porém quero dar o melhor de mim até o final. Espero me tornar uma ótima profissional e que os professores estejam dispostos a nos auxiliar em toda e qualquer pendência relacionada ao curso", aponta.
Raquel Barreto, egressa da Urcamp, relata que sempre gostou de trabalhar e de estar com pessoas, e que conheceu a Psicologia como disciplina no magistério, acabou se interessando e teve a certeza do que queria fazer na vida: lidar com gente. A psicóloga conta que tem muito orgulho de onde construiu sua trajetória acadêmica e que fez da faculdade seu porto seguro. Ela atua há 24 anos com a Psicologia do Trabalho. "Já trabalhei fixo em algumas empresas, como consultora, e tenho um negócio próprio", relata.
Raquel fala sobre a importância do curso de Psicologia em meio à sociedade em que vivemos, tendo a depressão como a doença do século. "Esse curso é imprescindível, continua sendo essencial na busca da saúde mental das pessoas. Elas não entendem o quanto a Psicologia pode ajudar como ciência, para qualidade de vida como um todo. Se o ser humano se conhecesse e melhorasse um pouquinho mais, eu acho que o mundo seria bem mais interessante", explica.

O curso
O curso de Psicologia da Urcamp existe há 28 anos. Ministrado no período noturno, tem duração de dez semestres. Caracteriza-se por uma proposta de formação generalista crítica e reflexiva, com base na ciência e apoiada na ética e no respeito às especificidades individuais e coletivas.
A coordenadora do curso, professora Aline Silveira, destaca que a maioria dos psicólogos que atuam em Bagé são egressos da Urcamp. Ela aborda como se dá a relação da teoria com a prática: "Na Graduação I, devido aos projetos integradores, desde o primeiro semestre, os acadêmicos estão interagindo com a comunidade, resolvendo problemas de situações reais, junto à sala de aula com o professor, e a partir do quinto semestre eles realizam estágios curriculares".
Aline destaca, ainda, alguns dos locais de práticas dos acadêmicos: "A Casa da Menina, Hospital Universitário, Serviço Integrado de Psicologia Aplicada (SIPA), Fórum, Secretaria Municipal de Saúde. Também estamos na área organizacional em parceria com as empresas da região, não só de Bagé, mas em Candiota, Dom Pedrito, com estagiários atuando sob nossa supervisão", conclui.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Outras edições

Carregando...