ANO: 25 | Nº: 6490
19/06/2019 Cidade

Estrada de acesso à Colônia Nova será revitalizada

Foto: Antônio Rocha

Más condições da ERS-647 motivaram protesto em março
Más condições da ERS-647 motivaram protesto em março
O Governo do Estado lançou, na segunda-feira, um pacote de investimentos em estradas, com recursos disponibilizados pelo Estado e pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Ao todo serão R$ 301,4 milhões aplicados em 2019 para qualificar o sistema rodoviário estadual. A ERS 647, que serve de acesso à Colônia Nova, em Aceguá, será uma das vias contempladas.
Mais da metade dos investimentos, cerca de R$ 170 milhões, sendo parte liberado pelo Tesouro do Estado (R$ 136 milhões) e outra via Contribuição de Intervenção de Domínio Econômico, a Cide (R$ 34,4 milhões), estão distribuídos entre as 17 superintendências regionais do Daer.
De acordo com o vice-prefeito de Aceguá, Julio César Monteiro, a estrada está em situação precária. Ele comenta que, no final de 2018, o então governo do Estado iniciou uma melhoria no trecho de 12,85 quilômetros, mas não chegou a concluir, deixando locais sem asfalto. "A revitalização é excelente para a região. A prefeitura está realizando a manutenção", salientou.
A rodovia ERS-647, que liga a BR-153 ao distrito de Colônia Nova, facilita o escoamento da produção de leite da região, além de ajudar na área de saúde, uma vez que o Hospital da Colônia Nova tornou-se uma referência em serviços de saúde no Estado. A rodovia foi inaugurada em 2010, pela então governadora Yeda Crusius. Após nove anos da conclusão da via, e sem manutenção efetiva, em março deste ano os moradores e produtores que utilizam a rodovia realizaram um protesto pedindo providências e melhorias no local.
Segundo informações da Assessoria de Comunicação do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer), foram priorizados trechos em piores condições, demandas judiciais, pagamento de dívidas do exercício anterior e a continuidade de obras mais próximas da conclusão. Em Aceguá, o valor para os serviços na rodovia é de R$ 939.268,72, para serviços base, reperfilagem em pontos críticos e tapa-buracos, R$ 401.580,63 para sinalização e R$ 1.028.044,37 para liquidação de dívidas e contratos em andamento. O total do investimento é de R$ 2.368.893,72. A assessoria informou ainda que os trabalhos devem iniciar em breve, mas não precisou uma data.

 

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...