ANO: 26 | Nº: 6590

Viviane Becker

vivianebecker@urcamp.edu.br
Colunista social do Jornal Minuano, Viviane Becker é experiente jornalista de geral e conhecida editora do caderno de variedades Ellas.
20/06/2019 Caderno Ellas

Transtornos mentais afetam mais de 10% das crianças brasileiras

Foto: Reprodução JM

No passado era diferente. Hoje em dia, muitas são as crianças que enfrentam problemas como hiperatividade, ansiedade e depressão.  

Nos EUA, uma a cada seis crianças tem distúrbios mentais. Já, no  Brasil, apesar das poucas estatísticas sobre a prevalência de transtornos ou distúrbios mentais na infância, não é difícil encontrar casos semelhantes. Segundo um estudo de 2014, da Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto, em São Paulo, a taxa varia de 7% a 20%, dependendo da região investigada e da exposição a fatores de risco. Outros estudos revelam que a média é de 10,2% na idade pré-escolar. Mais da metade dos casos estão relacionados a transtornos de déficit de atenção e hiperatividade.

De olho nos sintomas

Os neuropediatras alertam para que os pais percebam os sinais de que algo não vai bem e que seu filho pode apresentar um transtorno mental tais como:

- mudanças persistentes de humor;

- tristeza excessiva que persista por mais de duas semanas;

- problemas de humor que comecem a interferir nos relacionamentos em casa ou na escola;

- sentimentos intensos;

- medos inexplicados que passem a interferir nas atividades diárias;

- mudanças drásticas no comportamento ou personalidade;

- comportamento perigoso ou descontrolado;

- dificuldades na concentração;

- perda de peso inexplicada;

- dores de cabeça e de estômago relacionadas à tristeza ou ansiedade;

- insônia ou excesso de sono.

 

Fonte: https://revistacrescer.globo.com

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias do caderno

Outras edições

Carregando...