ANO: 26 | Nº: 6524
28/06/2019 Fogo cruzado

Secretário reforça pedido pela aprovação de contratações temporárias

Foto: Divulgação

Cartazes com frases de apoio às propostas foram expostos no plenário, durante sessão especial
Cartazes com frases de apoio às propostas foram expostos no plenário, durante sessão especial
Em sessão especial do Legislativo, realizada ontem, o secretário municipal de Assistência Social, Habitação e Direitos do Idoso, Ramão Bogado (Bocão), fez uma espécie de apelo pela aprovação dos 14 projetos de lei que tratam sobre autorizações para contratações temporárias de servidores para a pasta, através de processo de seleção pública simplificada. As matérias serão apreciadas, hoje, em agendas extraordinárias.
Ao lado de coordenadores de serviços vinculados à secretaria, Bocão reconheceu o direito ao pedido de vista, formalizado pela liderança do PSB, na semana passada, adiando, na prática, a votação das proposições. O secretário, porém, convidou os parlamentares para visitar as estruturas mantidas pela pasta. “Imploro para que olhem para aqueles que mais precisam”, pontuou.
As autorizações podem permitir as contratações de instrutores/orientadores, assistentes sociais, motoristas, psicólogos, serviços gerais, rondas, monitores, auxiliares e motoristas, para atuação em diferentes estruturas, incluindo a Casa de Cursos, o Centro de Panificação, o Centro Social Urbano, o Restaurante Popular, o Albergue Municipal, a Casa de Acolhimento Yaia Vernieri (Catyve) e a Casa da Mulher Vítima de Violência.
A manifestação do secretário e dos coordenadores de serviços repercutiu entre os vereadores. O líder do governo, em sua fala na tribuna, adiantou que a administração municipal trabalha na elaboração de um concurso público. A seleção dos profissionais é um dos pontos mais discutidos entre os parlamentares, sendo alvo, inclusive, de emendas que podem modificar a redação apresentada pelo governo.
O líder do PT, vereador Lélio Lopes (Lelinho), que assina as emendas, ao lado das lideranças do PSB e da Rede, afirma reconhecer a importância dos serviços prestados pela pasta. “Quero deixar bem claro que nunca me opus ao trabalhador”, destacou. A expectativa, entre os parlamentares que integram a base, é de que as matérias devem ser aprovadas, hoje.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...