ANO: 25 | Nº: 6312
16/07/2019 Esportes

O 2020 alvirrubro começa agora

Foto: Antônio Rocha

Guarany encerrou temporada
Guarany encerrou temporada
Merecidamente, a segunda-feira alvirrubra ainda foi dedicada para comemorações. Afinal, além de erguer a taça da Terceirona gaúcha, a equipe conquistou de forma invicta, com 10 vitórias e seis empates. Ainda por cima, foi a maior sequência sem perder do Guarany, em uma temporada. Então, ingredientes não faltavam para que a festa fosse longa na Rainha da Fronteira. Entretanto, em meio à "farra", o 2020 já começa a passar pela cabeça dos dirigentes do Índio bajeense. E a chave para colocar o planejamento em prática é não jogar a Copa Seu Verardi, no segundo semestre.
Segundo o vice-presidente Jorge Kaé, os próximos meses serão utilizados para reestruturação do clube, principalmente o seu patrimônio, no caso, o Estádio Antônio Magalhães Rossell. Colocar os refletores em funcionamento, mais uma vez, obter liberação das arquibancadas interditadas e reformar os alojamentos dos jogadores, com implantação de ar-condicionados em todos os quartos, são algumas das ideias propostas pela diretoria. E, claro, o período também será utilizado para reorganização das finanças, saldando todas as despesas que ficaram pendentes da Terceirona.
A medida, vale salientar, vem para contrapor a escolha feita em 2016, que era semelhante ao momento atual. Embalado pelo título da Terceirona, o Guarany decidiu ingressar na Copinha do segundo semestre. Porém, perdeu todos os jogos que disputou e ainda iniciou a temporada de 2017, na Divisão de Acesso, com problemas no caixa. Resumo da história: caiu de novo para a Terceirona. Dessa vez, a diretoria não quer repetir o mesmo retrospecto e, no mínimo, se firmar na Divisão de Acesso, que por sinal, terá os tão aguardados clássicos Ba-Gua.

Permanência do elenco

A dúvida que não quer calar: quem do atual elenco permanecerá para 2020? Ainda é muito cedo para precisar nomes, porém, Kaé garante que a diretoria tentará manter vários jogadores da atual campanha. O goleiro Eder, por exemplo, um dos principais nomes do título alvirrubro, confirmou à reportagem que conversará com os diretores e avaliará as condições para um possível acerto para a Divisão de Acesso. Kaé também confirma que a direção conversará com o técnico Vanderson Pereira, a fim de saber quais os planos futuros do profissional. Ou seja, não está descartada uma permanência do Vanderson no bairro Estrela D'alva. Semanalmente, a diretoria irá se reunir para tratar dos assuntos. Então, o jeito é aguardar os próximos episódios.

O encontro de Vanderson com o filho

No jogo de volta contra o Gaúcho, que confirmou a vaga na Divisão de Acesso, o técnico Vanderson Pereira chamou a atenção por ter exibido uma camiseta com a seguinte descrição: "autismo, vendo o mundo de um jeito diferente". A bandeira é levantada pelo treinador devido ao seu filho de seis anos ser portador de Transtorno de Espectro Autista (TEA). Vanderson relatou, em entrevista ao jornal MINUANO, que fazia cinco meses que não voltava para casa e não via a esposa e o filho.
Sensibilizados com a saudade da família, os demais membros da comissão técnica prepararam uma surpresa para ele. No sábado pela manhã, no último treino antes da decisão, o treinador alvirrubro foi surpreendido com a presença do filho, correndo de braços abertos em direção ao pai. No domingo, a família acompanhou a vitória do Guarany. Eis um gesto solidário, que sustenta ainda mais a popular expressão "não é só futebol".

Andrei e Natanael empatam na artilharia

No final das contas, a situação da artilharia ficou na mesma. Do lado do Guarany, o atacante Andrei, ainda em fase final de recuperação de lesão, sequer foi escalado para o duelo contra o Brasil. Já o centroavante Natanael, do Brasil, entrou em campo, porém, não conseguiu balançar as redes. Dessa forma, Andrei e Natanael encerraram como os dois artilheiros da Terceirona, com nove gols cada.

NÚMEROS DO GUARANY EM 2019 (JOGOS OFICIAIS)

16 jogos
10 vitórias
6 empates
0 derrotas
24 gols marcados
7 gols sofridos (melhor defesa da Terceirona)
75% de aproveitamento

GOLS
Andrei - nove
Itamar - quatro
Diego Vianna - dois
Vagner, Maykson, Bruno Meuer, Lucas Trindade, Diego Rocha, Robinho, Raphinha, Willian Guedes e Roger – um cada

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...