ANO: 25 | Nº: 6489
18/07/2019 Fogo cruzado

Câmara dos Deputados arquiva homenagem para Médici proposta por Bolsonaro

A Câmara dos Deputados arquivou o projeto de lei que poderia denominar de 'Mar Presidente Médici - Amazônia Azul' a zona econômica exclusiva brasileira. A homenagem ao ex-presidente bajeense, proposta pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, do PSL, em 2015, quando era deputado federal pelo Rio de Janeiro, já havia sido rejeitada, em 2016, pela Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional.
Bolsonaro argumentava que o general bajeense, presidente do Brasil entre 1969 e 1974, durante a ditadura militar, foi decisivo para o avanço na configuração das medidas do mar territorial brasileiro, que se estende das 12 as 200 milhas marítimas, contadas a partir das linhas de base que servem para medir a largura. A ampliação desses limites foi definida unilateralmente por Médici, no início da década de 1970.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...