ANO: 26 | Nº: 9492
22/07/2019 Esportes

“Consegui plantar uma semente de profissionalismo”, avalia Vanderson

Foto: Kauê Monteiro

Treinador conquistou título invicto
Treinador conquistou título invicto

Uma semana após a vitória sobre o Brasil de Farroupilha, a conquista da Terceirona, pelo Guarany, ainda repercute na Rainha da Fronteira. Embora o Estrela D’Alva dê uma pausa no futebol profissional, neste semestre, 2020 já começa a ser planejado, visto que a Divisão de Acesso será uma realidade bem diferente. E a confirmação de, no mínimo, dois clássicos Ba-Gua, empolga a todos.
A próxima temporada está distante. Então, pouco se sabe dos rumos do alvirrubro. Mas, se depender de grande parte dos torcedores, o técnico Vanderson Pereira fica para o ano que vem. Claro, tudo vai depender se ambas as partes manifestarem a intenção de prosseguir com o trabalho.
Vale ressaltar que, no início do trabalho, Vanderson foi visto com desconfiança, em função do futebol apresentado pelo Guarany, nas primeiras rodadas. Com o tempo, a equipe foi crescendo de produção e o resultado final foi um título invicto, com a melhor campanha da história do Guarany em estaduais, entre as três divisões. “O Guarany agregou muito na minha carreira. Além da experiência profissional, fizemos muitas amizades. Acho que consegui plantar uma semente de profissionalismo muito grande. As pessoas acreditavam no acesso, mas não num título invicto. Desde o dia em que chegamos, até o último dia, tivemos a mesma conduta. No início, nem sempre as coisas acontecem da maneira que a gente quer. E muitas pessoas não entenderam isso. Mas a partir do momento que começaram a nos conhecer melhor, passaram a nos olhar de maneira diferente”, argumenta.
Sobre os rumos da carreira, Vanderson afirma que o foco será ficar próximo da família. A saudade de estar com a esposa e o filho, inclusive, foi manifestada pelo treinador em entrevista na semifinal, diante do Gaúcho. Porém, adianta que há profissionais especializados em gerenciamento de carreira que manifestaram interesse em trabalhar com ele. “Sempre procuro deixar uma porta aberta. E, acho que no final, todo mundo saiu satisfeito. Consegui cumprir aquilo que me comprometi”, finaliza.


Preparador físico acerta com São Borja
Anteriormente anunciado no Cruzeiro-RS, o preparador físico Fabrício Traczinski, que trabalhou no Guarany, durante a Terceirona, irá para o São Borja. No Estrelado, as partes romperam o acerto em virtude de desacordo salarial. Após, Fabrício acertou com o São Borja, que também disputará a Copa Seu Verardi.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...