ANO: 25 | Nº: 6379
22/07/2019 Segurança

Funcionária de estabelecimento comercial denuncia injúria racial

Na madrugada de sábado, uma funcionária de um estabelecimento comercial, localizado na avenida Santa Tecla, denunciou que foi vítima de injúria racial.
Conforme o registro de ocorrência, a vítima, que é caixa do local informou que o acusado estava no estabelecimento ingerindo bebida alcoólica e quebrou uma taça. Segundo o relato, o homem foi retirado e, antes de sair, ela pediu para que ele acertasse a comanda. Teria sido neste momento que sofreu a injúria racial.
A mulher declarou, ainda, no registro, que, após o primeiro insulto, ele repetiu a injúria. A Brigada Militar compareceu ao local e levou o acusado e a vítima para o registro de ocorrência. Em frente aos policiais, o indivíduo ainda disse que a vítima seria “uma pobre bicho” e uma “coitada”. Testemunhas teriam presenciado os fatos. Um vigilante atestou que foi ameaçado pelo acusado.
No depoimento, o indivíduo se defendeu negando os fatos alegados pela vítima e que ele não teria brigado.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...