ANO: 26 | Nº: 6589
22/07/2019 Cidade

Inauguração do CPC aguarda liberação do IPHAE e instalação de proteção contra chuva

Foto: Tiago Rolim de Moura

Espaço vai receber aba de proteção, lixeiras e floreiras para harmonizar a circulação no centro da cidade
Espaço vai receber aba de proteção, lixeiras e floreiras para harmonizar a circulação no centro da cidade
Aprovada pela Câmara em junho, a lei que institui o Centro Popular de Compras (CPC) foi sancionada pelo prefeito de Bagé, Divaldo Lara, do PTB. A inauguração do espaço está condicionada ao término de alguns ajustes na estrutura e encaminhamento de documentação para o Instituto do Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural (IPHAE).

O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, Bayard Paschoa Pereira, explica que o próximo passo é o encaminhamento de documentação para o IPHAE, detalhando a instalação das estruturas na rua General Sampaio, junto ao Calçadão. A ideia inicial do poder público era de utilizar o espaço da Travessa Vanda Mourão, o que foi barrado pelo IPHAE, que considerou o espaço insuficiente para o fluxo de pedestres.

Assim, o atual espaço surgiu como uma das alternativas viáveis para a instalação, com previsão da estrutura voltada para o Calçadão. Após liberação do órgão, as estruturas foram colocadas com abertura virada para a via. Essa alteração e outros dados pertinentes à obra, além da manifestação de apoio ao CPC de entidades de classe, como Associação Comercial e Industrial de Bagé (Aciba), Associação de Jovens Empreendedores (AJE), Conselho Bajeense da Mulher Empreendedora (Cobame) e Conselho Municipal de Turismo, também foram anexados aos documentos direcionados ao IPHAE. Pereira destaca que o material deve ser encaminhado na próxima semana.

Além disso, antes da inauguração, é necessário que o poder público finalize a instalação de uma aba para proteger comerciantes e clientes do mau tempo. A previsão, segundo o secretário, é que até o final de julho esta fase seja finalizada. Também serão instaladas lixeiras e floreiras, já adquiridas para o espaço.

O CPC está instalado ao longo da quadra 100, da rua General Sampaio, no Calçadão, e é composto por 36 cabines de metal revestidas de chapas de aço e policarbonato, cada uma ocupada por um comerciante ambulante já definido. As estruturas possuem a largura de 1,5 metro de largura e dois metros de profundidade.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...