ANO: 26 | Nº: 6589
22/07/2019 Cidade

Vilson de Souza será homenageado com nome na Parede da Fama da ABCCC

Foto: Divulgação

O ginete Vilson Charlat de Souza, vencedor do primeiro Freio de Ouro da história, em 1982, será homenageado, pela Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC), com nome na Parede da Fama do Cavalo Crioulo, instalada no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio, durante a Expointer, que inicia no dia 24 de agosto.
Vilson de Souza conquistou quatro Freios de Ouro. Além da primeira edição, conquistada com Itaí Tupambaé (Cabanha Tupambaé), venceu em 1985, montando Itaipu de São Martim (Cabanha São Martim); em 1990, com Nobre Tupambaé (Cabanha Tupambaé) e em 1993, com La Frontera Tormento (Cabanha Strassburguer). Souza ganhou, ainda, três Freios de Prata: em 1991, com BT Utrillo (Cabanha Paineiras); em 1992, com o mesmo BT Utrillo (Cabanha Vila Velha), e em 1995, montando a égua Imperatriz 06 da Maufer (Cabanha Maufer). O ginete também conquistou dois Freios de Bronze: em 1988, com BT Utrillo (Cabanha Vila Velha) e em 1989, novamente com BT Utrillo (Cabanha Entre-Rios).
No ano passado, a ABCCC homenageou Bayard Bretanha Jacques e Manuel Rossell Sarmento com nomes na Parede da Fama. Nos anos 1980, os dois criaram a prova, que hoje é uma das mais exigentes do circuito do Freio de Ouro, e que carrega para sempre o nome de seus criadores: a etapa Bayard-Sarmento.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...