ANO: 25 | Nº: 6455
23/07/2019 Fogo cruzado

Câmara aprova aberturas de crédito e título de cidadão bajeense para Mourão

Foto: Tiago Rolim de Moura

Vice-presidente será homenageado pelo parlamento
Vice-presidente será homenageado pelo parlamento
O Legislativo bajeense aprovou, nesta segunda-feira, seis pedidos de abertura de crédito, totalizando mais de R$ 2 milhões. Quatro propostas destinam recursos para o trabalho técnico social dos residenciais construídos na avenida Espanha e no bairro Morgado Rosa.
Os vereadores aprovaram uma abertura de crédito adicional especial que destina R$ 111,3 mil para a aquisição de equipamentos do Procon de Bagé. O Executivo também solicita autorização para aplicar R$ 640,1 mil na construção de uma ponte no bairro Castro Alves.
A Câmara aprovou, por unanimidade, mudanças no Plano de Classificação de Cargos e Remuneração dos servidores. Atendendo convocação do presidente, vereador Carlos Adriano Carneiros (Esquerda), do PTB, o Legislativo deve realizar novas extraordinárias na quinta-feira.

Vice-presidente
O Projeto de Decreto Legislativo que concede o título de cidadão bajeense ao vice-presidente da República, general Antônio Hamilton Martins Mourão, do PRTB, foi aprovado, ontem, com emenda da Comissão de Constituição, Justiça e Redação Final (CCJ). A homenagem foi proposta pelo vereador Antenor Teixeira, do Progressistas. A entrega deve ser formalizada, em sessão solene, no dia 5 de agosto. O líder do PT, Lélio Lopes (Lelinho), registrou abstenção.
Antenor foi parabenizado pela maioria dos parlamentares, que recordaram os laços familiares de Mourão com Bagé. O vice-presidente é filho de uma bajeense (Wanda Coronel) e viúvo de outra bajeense (Elisabeth). Seu pai, general Antônio Hamilton Mourão, comandou a 3ª Brigada de Cavalaria Mecanizada, em Bagé, no início da década de 1970.

Programa Recomeço
Os parlamentares também aprovaram a lei que cria o “Programa Recomeço". A nova lei, que depende de sanção, dispõe sobre o transporte, até cidades referência, para familiares de pessoas com dependência química internadas em instituições de recuperação, determinando que caberá ao Executivo o fornecimento de veículo, um domingo por mês. O serviços, na prática, já existe. A intenção, com a legislação, é garantir a manutenção da medida.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...