ANO: 25 | Nº: 6458
26/07/2019 Fogo cruzado

Câmara aprova criação de duas escolas cívico-militares

Foto: Divulgação

Divaldo detalhou aspectos das novas instituições
Divaldo detalhou aspectos das novas instituições
Durante sessões extraordinárias, realizadas, ontem, pelo Legislativo bajeense, os vereadores aprovaram o pacote de projetos que criam o programa “Escolas Cívico-Militares” nos anos finais do ensino regular. A medida contempla, inicialmente, duas instituições de Bagé: a Escola Municipal de Ensino Fundamental João Severiano da Fonseca, no bairro Castro Alves; e a Escola Municipal de Ensino Fundamental São Pedro, no bairro Getúlio Vargas.
Em sessão especial, que antecedeu a votação dos projetos, o prefeito Divaldo Lara, do PTB, adiantou detalhes sobre as instituições. A agenda foi convocada justamente para apresentar informações complementares aos vereadores, que demonstraram apoio à iniciativa.
Divaldo destacou aspectos relacionados à infraestrutura, regulamento disciplinar e proposta pedagógica que deverão ser adotadas pela Escola Municipal de Ensino Fundamental João Severiano da Fonseca, no bairro Castro Alves; e pela Escola Municipal de Ensino Fundamental São Pedro, no bairro Getúlio Vargas.
O programa de expansão da escola São Pedro, por exemplo, prevê a instalação de uma piscina térmica. As escolas, ainda de acordo com o petebista, terão regras específicas. Os meninos deverão usar cabelo curto, enquanto as meninas só poderão usar médio ou longo (preso com penteado conhecido como rabo de cavalo, trança ou coque). Elas só poderão utilizar sombras e batons em cores claras e suaves. Bonés, chapéus, capuz e toucas não serão permitidos.
A forma de ingresso será regida por edital que será publicado pela Secretaria Municipal de Educação, prevendo sorteio público, ao final do ano. As duas instituições terão horários diferenciados, com entrada às 7h30min e saída às 12h30min, sempre com filas. O regulamento inclui formaturas, às segundas-feiras (hino e hasteamento das bandeiras).
Divaldo adianta que o comportamento dos alunos será acompanhado e registrado pelos instrutores, através da ficha disciplinar individual. Uma das proposições aprovadas, ontem, pelos vereadores, cria as funções de Coordenador Cívico-Militar e de Instrutor de Alunos, autorizando a Prefeitura de Bagé a assinar Termo de Cooperação ou conveniar com o governo do Estado do Rio Grande do Sul ou a União.

Voos comerciais
Durante a sessão, o petebista também comemorou o anúncio da retomada das operações de voos comerciais, em Bagé, confirmada pelo governador, Eduardo Leite, do PSDB, durante encontro com representações das empresas Gol e Two Flex. “Quando colocamos um avião como parte da nossa marca oficial, já sabíamos que o trabalho em torno da retomada dos voos comerciais de Bagé para a capital seria um sucesso. A confirmação do serviço é um presente para todos os bageenses no mês de aniversário da Rainha da Fronteira”, ressaltou o chefe do Executivo.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...