ANO: 26 | Nº: 6554
26/07/2019 Fogo cruzado

Lara recebe medalha alusiva aos 25 anos da Defensoria Pública

Foto: Marina Staudt/Especial JM

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Luís Augusto Lara, do PTB, recebeu, ontem, a medalha alusiva ao 25º aniversário da Defensoria Pública do Rio Grande do Sul. O petebista também recebeu uma placa em homenagem ao parlamento gaúcho.
A honraria foi entregue pelo defensor público-geral do Estado, Cristiano Vieira Heerdt. O ato contou com a presença dos deputados tenente-coronel Zucco, do PSL; Gabriel Souza, do MDB; a vice-presidente Jurídico-Legislativo da Associação das Defensoras e dos Defensores Públicos do Rio Grande do Sul, Maria de Fátima Záchia Paludo; o subdefensor público de Santa Catarina, João Joffly Coutinho; defensores públicos e integrantes do PTB.
Heerdt afirmou que a medalha concedida destaca a trajetória de Lara. O defensor público-geral observou, ainda, que o parlamento sempre foi uma instituição parceira e que os deputados e os defensores públicos trabalham para a mesma base social.
Lara agradeceu e, ao discursar, afirmou que a Defensoria é o ‘Estado que funciona’, reforçando que a Assembleia Legislativa continuará sendo a ‘trincheira da Defensoria’. O petebista disse, ainda, que a instituição também se reafirmava, na atualidade, pelo seu papel educativo e pela busca pela conciliação, diminuindo demandas de judicialização que causam atrasos na esfera pública.

Defensoria
Com a atribuição constitucional da defesa em todos os graus, judicial e extrajudicial, dos direitos individuais e coletivos, de forma integral e gratuita, às pessoas em situação de vulnerabilidade econômica, social ou jurídica, a Defensoria Pública foi criada em 1994, no Rio Grande do Sul. A instituição chegou aos 25 anos, no dia 19 maio, com a marca de mais de um milhão de atendimentos por ano, o que representa 10% da população do Estado.


Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...