ANO: 25 | Nº: 6383
26/07/2019 Segurança

PRF registra menor número de mortes nas rodovias federais gaúchas desde 2003

O primeiro semestre deste ano registrou o menor número de óbitos nas rodovias federais gaúchas desde 2003. Nos primeiros seis meses, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) contabilizou 150 mortes em acidentes ocorridos nas estradas do Rio Grande do Sul.
O direcionamento do policiamento ostensivo aos trechos considerados críticos, com fundamento no estudo estatístico, a intensificação da fiscalização das principais causas de acidentes graves e as campanhas de conscientização de crianças e adultos são ações da PRF que contribuíram para a redução da violência nas rodovias federais.
Desde 2011, com o lançamento da Década de Ação pela Segurança no Trânsito (Nações Unidas), a PRF vem aumentando o investimento em tecnologia e na análise de dados visando a promover a paz no trânsito.
No primeiro semestre de 2019, a PRF atendeu 2.194 acidentes no Estado que resultaram em 1.971 pessoas com lesões leves e 559 com lesões graves. Já em 2018, foram 2.418 acidentes com 1.999 feridos leves e 545 envolvidos com lesões graves.
As principais causas de acidentes nas rodovias federais são o excesso de velocidade, a ultrapassagem em local proibido, a embriaguez ao volante e a falta de atenção (por diversas causas).

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...