ANO: 25 | Nº: 6308

Viviane Becker

viviminuano@hotmail.com
Colunista social do Jornal Minuano, Viviane Becker é experiente jornalista de geral e conhecida editora do caderno de variedades Ellas.
02/08/2019 Caderno Ellas

Que tal uma receita diferente sugerida pela Empório São Bento?

Foto: Reprodução JM

SEKO COLOCA NESSE ESPAÇO EM BRANCO - Paleta de cordeiro e batatinhas coradas
SEKO COLOCA NESSE ESPAÇO EM BRANCO - Paleta de cordeiro e batatinhas coradas
A Empório São Bento é uma empresa especializada em carnes nobres e produtos especialíssimos para quem ama cozinhar e gosta de incrementar seus pratos com ingredientes especiais e cheios de requinte.

 Essa sugestão de prato é da loja que abriu suas portas na segunda quinzena de julho, na rua Bento Gonçalves, nº 160 D, e, desde lá, vem conquistando o coração dos bajeenses.

 

 

 

Paleta de cordeiro e batatinhas coradas

Ingredientes (para quatro pessoas):

- uma paleta de cordeiro com aproximadamente 1,6 kg (usei um ótimo cordeiro chileno que encontrei no açougue)

- uma colher de sopa de melaço de romã

- uma colher de sopa, generosa, de manteiga sem sal

- uma colher de sopa, generosa, de farinha de trigo

- 1/3 de xícara de vinho branco seco (usei Chardonnay)

- uma colher de sopa de suco de limão tahiti

- salsinha picadinha

 

Para temperar o cordeiro:

 

- 1/3 de xícara de orégano fresco (apenas folhas, sem os talos mais grossos)

- ¼ de xícara de tomilho fresco (apenas folhas, sem os talos mais grossos)

- uma cebola pequena (115 gramas) grosseiramente picada

- três dentes de alho grandes

- uma colher de sopa de mostarda amarela comum

- meia colher de chá de ras el hanoult (tempero feito com especiarias, muito popular em cozinhas como a marroquina)

- uma colher de chá de sumac (sumagre)

- duas colheres de sopa de melaço de romã

- uma colher e meia de chá de sal

- uma pimenta dedo-de-moça grande, sem as sementes

- uma xícara de folhas de salsinha

- três talos grandes de cebolinha

- duas colheres de sopa de shoyu

 

- Coloque todos os ingredientes da lista de temperos em um mixer (ou processador de alimentos) e processe até obter uma pasta bem homogênea (não deve levar mais do que dois minutos).

 

- Com o auxílio de uma faquinha afiada, faça diversos furos na parte da carne da paleta e espalhe a pasta de temperos pelos dois lados. Feito isso, coloque o cordeiro temperado dentro do saco de celofane próprio para assar e o feche - amarrando bem, para que o líquido não saia durante o cozimento (por precaução, na sequência coloquei esse “embrulho” dentro de mais um saco de celofane). Leve à geladeira por 12 horas, para que a carne absorva bem os sabores.

 

- Retire o cordeiro da geladeira e espere 30 minutos para que chegue perto da temperatura ambiente. Enquanto isso, preaqueça o forno a 140ºC.

- Disponha o cordeiro na grade central do forno (sim, direto na grade); bem embaixo dele, coloque uma assadeira grande com três dedos de água. A finalidade desse procedimento é a de evitar fumaça e qualquer risco de chamas, caso o saco de celofane rasgue e o tempero vaze. Cozinhe por três horas, virando a paleta na metade do tempo.

- Retire o saco de celofane com o cordeiro do forno e o coloque dentro de uma assadeira. Corte o saco e transfira para uma tigela todo o líquido que ficou nele (o usaremos no molho). Descarte o celofane, coloque a paleta em uma assadeira (se tiver uma daquelas que possuem uma grade dentro, melhor) e pincele a parte da paleta que ficará voltada para cima com a colher de sopa de melaço de romã. Retorne à grade central do forno, agora aquecido a 160ºC, e espere dourar - algo entre 15 e 18 minutos.

- Enquanto doura o cordeiro, prepare o molho. Em uma panela, sobre fogo médio-alto, derreta a colher de sopa de manteiga e junte a farinha de trigo. Mexa por um minuto (com o auxílio do fouet ou de uma colher de pau) e, sem parar, incorpore o líquido do cordeiro que foi reservado. Junte o vinho branco e mexa até o molho engrossar um pouco, ficando com uma consistência “aveludada” - algo próximo a quinze minutos. Desligue o fogo e acrescente o suco de limão e a salsinha. Prove o sal e corrija, se necessário.

- Para acompanhar a paleta, as clássicas batatinhas coradas, que são bem simples de se fazer. Descasque as batatas e as cozinhe - em água com sal, uma colher de sobremesa de vinagre de vinho e duas folhas de louro - até ficarem al dente, sem desmanchar. Passe pelo escorredor e as doure em uma frigideira grande (usei uma antiaderente), com duas generosas colheres de manteiga sem sal (para um quilo de batatas) e uma colher de azeite, sobre fogo médio. Faça sem pressa, sacudindo algumas vezes para dourarem por igual - deve levar pelo menos quinze minutos. Tempere com um pouco mais de sal e bastante salsinha picadinha e sirva junto com a paleta de cordeiro (que deve estar macia e suculenta) e o molho.

Receita e foto: Andre Lima de Luca

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias do caderno

Outras edições

Carregando...