ANO: 25 | Nº: 6489

Viviane Becker

viviminuano@hotmail.com
Colunista social do Jornal Minuano, Viviane Becker é experiente jornalista de geral e conhecida editora do caderno de variedades Ellas.
09/08/2019 Caderno Ellas

Dicas de presente para todo o tipo de pais na LEB

Foto: Reprodução JM

Top 5

1. Pai Cervejeiro

Cerveja Artesanal  - Esse livro é para os apaixonados por essa bebida que buscam informações e técnicas para a sua produção caseira, com explicações claras e bem-humorada. Os autores, especialistas no assunto, contam sobre as origens e as curiosidades históricas da cerveja, esmiúçam os processos de produção, com kits prontos ou com métodos tradicionais, falam  sobre limpeza, pureza da água e armazenamento, listam os equipamentos necessários, e abordam em detalhes os ingredientes, malte, lúpulo e levedura, além dos adjuntos, como especiarias, ervas e frutas.  São 75 receitas.  

2. Pai que curte cinema

A história do cinema para quem tem pressa -  a obra se propõe a contar uma das maiores sagas do século 20 (e deste início do 21) para quem precisa apertar o passo ou está apertado de tempo. E quem não está? Em 200 páginas, contextualizado com cada momento histórico, e escrito em linguagem clara e acessível, Sabadin traça um panorama do cinema – linguagem que há mais de um século revoluciona nossa maneira de ver a vida –, desde a época em que seus inventores nem sabiam direito o que fazer com ele, até os dias de hoje, quando movimenta bilhões de dólares pelos cinco continentes. 

3. Pai que gosta de história

Histórias não (ou mal) contadas da primeira guerra mundial - o livro conta que "Tiradentes não foi um pobre coitado. D. Pedro I deu o primeiro golpe da história brasileira. Os africanos não aceitaram a escravidão passivamente e organizaram diversas revoltas em todo o país. Um golpe militar garantiu a democracia em 1955. São esses e outros relatos que compõem o novo livro de Rodrigo Trespach, Histórias não (ou mal) contadas. Narrativas dos golpes e revoluções que ajudaram a construir o país, desde a Independência ao impeachment de Dilma Rousseff.

4. Pai romântico e historiador

Queda de gigantes - A obra fala de cinco famílias, cinco países e cinco destinos marcados por um período dramático da história. Este é o primeiro volume da trilogia "O Século", de Ken Follett, começa no despertar do século XX, quando ventos de mudança ameaçam o frágil equilíbrio de forças existente – as potências da Europa estão prestes a entrar em guerra, os trabalhadores não aguentam mais ser explorados pela aristocracia e as mulheres clamam por seus direitos.

5. Pai que curte crônicas

Papai é pop - Então, você vai ser pai. Você sabe que precisa comprar uma casa maior. Tem que ter mais espaço para criança. Tem que ter mais um quarto no apartamento. Tem que ter um berço novo, não pode ser aquele que a vizinha se dispôs a emprestar. Então você sabe que tem que trocar de carro, com seis airbags, no mínimo, ar-condicionado de fábrica. O que o humorista Marcos Piangers descobriu ao ser pai jovem é que essas preocupações não fazem diferença nenhuma. O que vale mesmo não é pagar pela melhor creche, se você é o último a buscar seus filhos. Não é comprar os melhores brinquedos, porque as crianças gostam mesmo é das brincadeiras que não custam nada. São  textos divertidos e emocionantes que o livro Papai é Pop mostram.

 

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias do caderno

Outras edições

Carregando...