ANO: 25 | Nº: 6381
09/08/2019 Fogo cruzado

“O mandato do vereador Fuca não é do PT. É do povo de Bagé”, afirma parlamentar

Foto: Reprodução JM

Fuca se manifestou pela primeira vez após ser expulso do PT
Fuca se manifestou pela primeira vez após ser expulso do PT
O vereador Rafael Rodrigues (Fuca) não poupou críticas às lideranças do PT no primeiro discurso após expulsão do partido. Em pronunciamento, ontem, durante sessão ordinária, o parlamentar, identificado, agora, como sem partido, agradeceu o apoio de eleitores. “O mandato do vereador Fuca não é do PT. É do povo de Bagé”, pontou.
Fuca atribuiu sua expulsão a uma ‘minoria do PT’, salientando que tem ‘carinho especial por muitos filiados’. Antes de reconhecer avanços dos governos petistas, reforçando que não enxerga o período de gestão da sigla como ‘16 anos de terra arrasada’, o vereador tornou a justificar posições relacionadas a votações em plenário.
Criticando líderes do PT, Fuca rebateu a concepção de que obedece ao PTB, ‘aprovando todos os projetos do governo’. “Como não vou aprovar o projeto do Anel Rodoviário? Como não vou falar na municipalização da avenida Espanha ou na Casa de Passagem?”, questionou, exemplificando votações favoráveis em projetos apresentados pelo Executivo. “Vereador tem que aprovar, porque beneficia a população”, argumentou.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...