ANO: 25 | Nº: 6308
13/08/2019 Empreendedor

Bando Coletivo Criativo promove oficina "Frida: mulher, protagonismo e memória"

Foto: Divulgação

A trajetória inspiradora da artista mexicana Frida Kahlo é o tema principal que permeia a oficina "Frida: Mulher, protagonismo e memória". A partir dos estudos e vivências da atriz e dramaturga Juçara Gaspar, no México, a oficina oferece uma vivência entre mulheres que procuram o protagonismo de suas próprias vidas. A atividade faz parte do cronograma de atividades da Bando Coletivo Criativo e acontece no próximo sábado, 17 de agosto.

Juçara conta que a atividade surgiu há cerca de cinco anos, após retornar do México, onde realizou pesquisa com suporte do Ministério da Cultura. Ao voltar ao Brasil, criou a vivência como forma de contrapartida para a sociedade, apresentando suas experiências em escolas e para mulheres em situação de vulnerabilidade social. Juçara explica que a atividade é uma prática pedagógica com viés de ato político e feminista, utilizando o teatro como ferramenta de empoderamento e não-violência.

A oficina é dividida em duas partes. Em um primeiro momento de conversa, é abordada a vida e obra de Frida, além de histórias de outras mulheres de destaque. "Através da biografia dessas mulheres, mostramos que há muitas coisas próximas e o quanto a gente mesmo pode ser agente da nossa história e protagonista do nosso tempo", destaca a dramaturga.

Logo a seguir, Juçara dá início à segunda etapa, a vivência teatral, propriamente dita. As participantes trabalham canções, infância, memória, acolhimento, momento afetivo, jogos de narrativas e de lembrar. Também é trabalhada a noção de protagonismo nas vidas das participantes através da elaboração de um autorretrato, utilizado em uma linha do tempo individual, apontando momentos que marcaram cada uma.

A oficina consiste num mergulho em si, no experimentar-se, mover-se, olhar-se, sentir a potência do corpo, ritmo pessoal, respiração e voz, transformando as vivências em expressão artística. "É uma experiência bem bacana, que eu tenho a honra e prazer de fazer. Esse trabalho mostra mudanças bem básicas a partir do empoderamento de uma mulher. Cada vez que fazemos essa oficina, vemos o poder e a potência da sororidade e irmandade aparecer de forma muito enfática", destaca Juçara.

A atividade acontece na própria Bando, na Avenida General Osório, 738, das 14h às 19h. O valor a oficina é R$ 100 e a inscrição pode ser feita diretamente no site www.bandocc.com.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...