ANO: 25 | Nº: 6360
16/08/2019 Segurança

Ex-vice-prefeito de Bagé, Jucelino Rosa dos Santos, morre aos 56 anos

Foto: Divulgação

Natural de São Sepé, Jucelino era formado em Contabilidade
Natural de São Sepé, Jucelino era formado em Contabilidade
O ex-vice-prefeito de Bagé, Jucelino Rosa dos Santos, 56 anos, morreu, ontem, em Porto Alegre. A liderança pedetista foi encontrada sem sinais vitais, em seu apartamento, na capital gaúcha. Ele atuava como chefe de gabinete da deputada estadual Juliana Brizola.
Formado em Contabilidade, Santos começou sua atuação política no movimento estudantil, na Urcamp. Se filiou ao Partido Democrático Trabalhista (PDT) e sempre foi militante da sigla. Segundo a presidente do partido, em Bagé, Elenara Ianzer, o ex-vice-prefeito ‘sempre foi convicto em suas lutas’. “Um homem ativo em suas lutas, um militante”, define.
Santos, que era natural de São Sepé, veio para Bagé ainda jovem. Fã de Leonel Brizola e torcedor do Internacional, foi vereador na legislatura de 1997-2000, ocupou diferentes secretarias municipais, nas gestões de Luís Alberto Vargas e Luiz Fernando Mainardi, e foi vice-prefeito de 2000-2004. Foi presidente do diretório bajeense do PDT e membro da executiva estadual.
A deputada estadual Juliana Brizola divulgou, em sua rede social, uma nota de pesar. "É com profunda tristeza que comunico o falecimento do meu grande amigo e chefe de gabinete Jucelino Rosa dos Santos. Não tenho palavras pra expressar tamanha dor que estamos sentindo nesse momento. Só tenho a agradecer por todos esses anos de carinho, dedicação e fidelidade", mencionou o informe. O prefeito de Bagé, Divaldo Lara, decretou luto oficial, desejando à família, aos amigos e aos bajeenses "as mais sinceras condolências".
O diretório do Partido dos Trabalhadores (PT) de Bagé também divulgou nota em uma rede social lamentando a morte. “Recebemos com profunda tristeza a notícia do falecimento de Jucelino, lutador a favor da democracia e dos direitos dos trabalhadores, militante do PDT, militante das causas populares. O povo perde uma referência de esquerda e um lutador tenaz por suas convicções, idealista e partidário como devem ser os que fazem a boa política. Nosso pesar aos familiares e aos seu correligionários. Este com certeza fará falta”, diz o texto.
A Câmara de Vereadores também emitiu nota de pesar e cancelou uma sessão agendada para hoje, em Comemoração ao Dia da Capoeira. Conforme a funerária Padre Germano, que estava fazendo o traslado do corpo, o velório deve ocorrer, hoje, na Câmara de Vereadores. O horário da cerimônia, assim como do sepultamento, não haviam sido divulgadas até o fechamento desta edição.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...