ANO: 26 | Nº: 6544
19/08/2019 Fogo cruzado

Projeto em análise na Câmara pode mudar níveis de profissionais da educação

Os vereadores devem apreciar nas comissões técnicas, a partir da próxima semana, o projeto que modifica o nível dos Atendentes de Educação Infantil (profissionais que cuidam das crianças nas escolas municipais de educação infantil), excluindo do nível 3 e acrescentando ao nível 4.
O governo argumenta que a Lei de Diretrizes e Bases da Educação prevê a necessidade de formação mínima em nível Médio, que é um cargo previsto no nível 4 do Estatuto do Funcionalismo Municipal.
Pela mesma proposta, o cargo de Secretário de Escola, que também exige a formação de nível Médio, foi incluído ao nível 4. O prefeito de Bagé, Divaldo Lara, do PTB, observa que, ‘embora já estivesse previsto (pela legislação em vigor), não encontrava-se inserido em nenhum nível’.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...