ANO: 25 | Nº: 6377
23/08/2019 Segurança

Multa das cadeirinhas é unanimidade entre órgãos de trânsito gaúchos

As principais autoridades de trânsito do Rio Grande do Sul reuniram-se, nesta semana, para debater as propostas do governo federal de alteração da legislação de trânsito. O encontro, promovido pelo CetranRS, DetranRS e frentes parlamentares federal e estadual em defesa do trânsito seguro, aconteceu no Auditório da Secretaria da Segurança Pública, em Porto Alegre, e chegou a um consenso: a necessidade de manutenção da multa para quem não coloca crianças nos corretos dispositivos de retenção.
O projeto de lei 3.267, protocolado pelo presidente Jair Bolsonaro em 4 de junho, altera 16 artigos do Código de Trânsito Brasileiro, acrescenta outros dois, revoga uma lei e oito artigos do CTB. Entre as principais mudanças, estão o aumento de pontos para a suspensão do direito de dirigir, o aumento da validade da CNH, a eliminação da multa para quem não coloca as crianças em cadeirinhas e a revogação do exame toxicológico para motoristas profissionais. O projeto prevê, também, a redução da multa para descumprimento das regras de motofrete e mototáxi e a restrição da exigência do farol aceso durante o dia para as rodovias de pista simples.
Presidente da Frente Parlamentar em Defesa do Trânsito Seguro, a deputada federal Liziane Bayer abriu o evento colocando-se à disposição para levar a voz das autoridades de trânsito e da sociedade civil gaúchas para o debate no plenário. “O projeto trata de questões fortes. Reunimos aqui, hoje, conhecedores de causa para que possamos estar bem baseadas quando o assunto entrar na pauta. Queremos nos subsidiar com o conhecimento de cada um da área”, avalia.
Enio Bacci, diretor-geral do DetranRS, ressalta que não se pode olhar a questão do trânsito sob o viés político. Além da reforma do CTB, Bacci manifestou preocupação com a questão dos radares. Representantes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no Rio Grande do Sul e do Comando Rodoviário da Brigada Militar também participaram do encontro.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...