ANO: 25 | Nº: 6332
24/08/2019 Campo e Negócios

Vilson Souza tem seu nome estampado na Parede da Fama da ABCCC

Foto: Reprodução JM

Ao lado de Daniel Anzanello, Bayard Bretanha Jacques e Manuel Rossell Sarmento, o 1º ginete a ganhar o Freio de Ouro da história da raça Crioula, Vilson Charlat de Souza, agora compõe a Parede da Fama da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC). Em uma noite emocionante, em pleno sábado de semifinal do Freio de Ouro, 24 de agosto, a placa que homenageia a trajetória do também conhecido como Ginete do Século, foi inaugurada pelo presidente da Associação, Francisco Kessler Fleck.

Ao lado de seu neto, Pablo Alves, assim como grandes amigos e admiradores de seus feitos, Vilson Souza, considerado uma lenda viva do Cavalo Crioulo, colecionou mais uma - e não menos importante - homenagem por toda sua dedicação ao cavalo, sobretudo ao Freio de Ouro, através de uma visão de doma e condução à frente do seu tempo.

"O Cavalo Crioulo sempre fez parte da minha profissão e da minha vida, rendendo muitas alegrias e grandes amigos. E continua me proporcionando momentos maravilhosos. Eu tenho muito orgulho de ter acompanhado a evolução da raça, o nascimento do Freio de Ouro e de ter ganhado o 1º Freio de Ouro com o lendário e inesquecível Itaí Tupambaé", disse Vilson, emocionado.

Vilson Souza, em seus 85 anos de idade, já colecionou 5 Freios de Ouro - sendo o 1º em 1982 com Itaí Tupambaé - 4 Freios de Prata e 2 Freios de Bronze ao longo de sua carreira.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...