ANO: 25 | Nº: 6381
27/08/2019 Segurança

BM apreende mais de 40 quilos de maconha dentro de geladeira

Foto: Divulgação

Um total de 53 tijolos da droga foram encontrados
Um total de 53 tijolos da droga foram encontrados

Glênio Magdiel Silveira Goulart, de 30 anos, Rodrigo Rocha Torales, de 33,e Diogo Pereira Freitas, de 51, foram presos na noite de domingo, após ação entre Pelotão de Operações Especiais (POE), Setor de Inteligência e o Policiamento Ostensivo da Brigada Militar. Na operação, os agentes apreenderam cerca de 42 quilos de maconha, que estavam armazenados em uma geladeira.

Segundo o boletim de ocorrência, por volta das 21h, os policiais militares abordaram uma motocicleta Yamaha, placa IPY 5E40, conduzida por Torales, tendo Goulart na carona. Com eles, foram encontrados R$ 1 mil em dinheiro e um revólver calibre 45. Ainda, conforme os PMs, o carona informou que o dinheiro era da venda de drogas e indicou uma residência, na rua Vinte de Setembro, onde haveria mais elementos atuantes na comercialização de entorpecentes.

Ao chegar na casa informada, os agentes encontraram R$ 4,9 mil em dinheiro, 224 gramas de cocaína e 570 gramas de crack, além de uma lista manuscrita, com dados referentes a possíveis clientes tendo, no verso, um endereço. Ao serem questionados, os acusados informaram que esse endereço era no assentamento Vitória, localizado no bairro Damé. Nesta terceira residência, então, os policiais encontraram o outro indiciado, Freitas, que franqueou a entrada dos agentes. No pátio, em um chalé, dentro de uma geladeira, os investigadores encontraram 53 tijolos de maconha, contabilizando 42,100 quilos da droga.

Freitas teria relatado aos policiais militares, conforme o registro de ocorrência, que não sabia do que se tratava. Também  foram apreendidos dois rádios Hts, duas balanças de precisão e três telefones celulares. A motocicleta também foi recolhida e levada para o depósito do Detran/RS.

A investigação, a partir de agora, ficará a cargo da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco). Conforme o delegado Cristiano Ritta, a linha de verificação é de que a droga seria da organização criminosa, segundo ele, liderada por Tiago Rafael Leges Ferreira (Mochilão).

Após a prisão em flagrante, os três acusados foram autuados na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) e, na sequência, encaminhados ao Presídio Regional de Bagé (PRB).

 

 

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...