ANO: 25 | Nº: 6382
31/08/2019 Cidade

Centro Cultural Tradicionalista de Aceguá está liberado para utilização

Foto: Divulgação

Obra recebeu investimento de mais de R$ 340 mil
Obra recebeu investimento de mais de R$ 340 mil

A Caixa Econômica Federal liberou, esta semana, a utilização do Centro Cultural Tradicionalista de Aceguá. A obra foi concluída no final de julho e dependia da fiscalização do banco para ter seu uso autorizado. O empreendimento era uma das obras mais esperadas pela comunidade municipal. O empreendimento, após o início do cronograma de trabalho, em abril deste ano, levou três meses e 22 dias para ser construído. O investimento foi de R$ 341,224,43, sendo R$ 243,7 mil provenientes de emenda parlamentar do deputado federal Afonso Hamm, do Progressistas, de 2012, e o restante (R$ 97.474,43) de contrapartida do Executivo.

Conforme o vice-prefeito e secretário de Planejamento e Meio Ambiente, Júlio César Monteiro, está é uma conquista importante para o município. Ele salientou que houveram vários percalços, como a desistência da empresa responsável no ano passado. Além disso, foram superados entraves e a descrença e a crítica de muitas pessoas, inclusive de alguns tradicionalistas. “Agora, vamos poder usufruir deste belo prédio, que será de grande utilidade para toda a comunidade”, relata.

Monteiro enfatiza que o município já efetivou a compra de 40 mesas, geladeira, freezer, fogão e utilitários para o espaço, que deve ter seu primeiro evento no próximo dia 7 de setembro, com o baile das prendas. “Vamos investir mais R$ 40 mil para o mobiliário”, ressalta.

O novo espaço conta com salão de eventos, uma área de churrasqueira, palco, copa e banheiros e a ideia é que sedie bailes oficiais e eventos comunitários. Conforme Monteiro, deve ser firmado um convênio, com a Associação Tradicionalista de Aceguá, para a utilização e manutenção do prédio.

O Centro Cultural Tradicionalista de Aceguá está situado à margem do KM 667, da BR-153. Em 2010, a área, que pertencia ao Estado, foi doada ao município e, no local, foram construídos ranchos de madeira para a realização de eventos tradicionalistas.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...