ANO: 25 | Nº: 6330
07/09/2019 Esportes

Bagé perde para o Cerro Largo

Foto: Antônio Rocha

Uruguaios brigam por vaga na Libertadores de 2020
Uruguaios brigam por vaga na Libertadores de 2020
Com o adiamento do confronto diante do 12 Horas para quarta-feira que vem, o Bagé aproveitou a brecha no calendário para fazer um amistoso com o Cerro Largo. E o duelo, na tarde de sexta-feira, no estádio Pedra Moura, foi um belo teste para os comandados de Rinaldo Lopes Costa (Badico). Com gol do centroavante Luna, os uruguaios venceram o jalde-negro, por 1 a 0.
O teste foi marcado por um grau de dificuldade mais elevado, visto que o time de Melo figura entre os candidatos à vaga para Libertadores de 2020 e, quem sabe, um título inédito de campeão uruguaio. Então, por mais que tenha perdido, o duelo foi importante para o jalde-negro, não só no aspecto de manter ritmo de jogo, mas também pela oportunidade de enfrentar um adversário qualificado.

O confronto

Na primeira etapa, ambos utilizaram os times considerados titulares. E, notadamente, o Cerro Largo esboçava superioridade em relação ao jalde-negro, na distribuição das jogadas e consistência na marcação. Logo aos quatro minutos, o Cerro Largo quase abriu o placar. Em cobrança de falta perto da meia-lua, Lima mandava na gaveta. Porém, o experiente goleiro Vandré fez uma bela ponte e salvou o Abelhão.
Após a pressão dos primeiros 15 minutos, o Bagé conseguiu sair para o jogo e até encaixar algumas tentativas. Aos 19, Fernandinho levantou bola para a área e Emílio cabeceou alto. Porém, não conseguiu manter o mesmo ímpeto e o contragolpe veio em seguida. Aos 33, o centroavante Luna recebeu no meio, fez o pivô, girou e acertou uma pancada no ângulo, indefensável para o goleiro Vandré: 1 a 0 para os uruguaios.
Com o placar aberto, os uruguaios saíam sem pressa para o ataque. Por sua vez, o Bagé esbarrava na marcação do adversário e tinha dificuldades para concluir a gol. Pelas pontas, parava nos laterais. Já Léo Bahia não conseguiu vencer os zagueiros. Na etapa complementar, ambas as equipes promoveram várias substituições. Naturalmente, o ritmo do jogo caiu de produção. No entanto, se a parte técnica ficou um pouco abaixo, lances ríspidos e discussões não faltaram, o que é natural quando se trata de um confronto fronteiriço.
Nos últimos 15 minutos, o Bagé conseguiu esboçar uma reação e, de certa forma, pressionou os uruguaios. A melhor chance foi uma bola na trave do atacante Talyson, aos 30 minutos. Aos 43, Dinei arriscou outro perigoso chute cruzado, que quase pegou o goleiro uruguaio desprevenido. No final, o Cerro Largo apenas administrou o marcador.



FICHA TÉCNICA

BAGÉ 0X1 CERRO LARGO
Amistoso - Estádio Pedra Moura

BAGÉ – Vandré (Guilherme Medina), Dênis (Matheus Freitas), Matheus Freitas (David), Emílio (Ilson) e Cristiano Salib (Ednei); Vítor (Cristian), Moisés (Willian Lima, depois, Cristiano Salib), Wallan Luan (Gustavinho), Fernandinho (Rogerinho) e Vinícius (Talyson); Léo Bahia. Técnico: Rinaldo Lopes Costa (Badico).
CERRO LARGO – Aguerre (Betancour), Acosta, Heredia, Marquez e Ferreira; Soares (Barone), Etcheverry, Telechea, Lima e Dos Santos (Tcharquero); Lima (Bueno). Técnico: Danielo Nuñez.
ARBITRAGEM – Anderson Veiga, auxiliado por Matheus Andrius e Valdecir Amorim
GOL – Luna (Cerro Largo)
AMARELO – Dos Santos (Cerro Largo)

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...