ANO: 25 | Nº: 6385

Divaldo Lara

divaldolara@gmail.com
09/09/2019 Divaldo Lara (Opinião)

Os caminhos do progresso

Em dois anos e oito meses, mais de uma centena de conquistas efetivadas, muitas obras concluídas e outras tantas em andamento. Esse é o ritmo do nosso governo, acelerado! Para quem insiste no pessimismo e em dizer que não há progressos na cidade, eu costumo indicar que façam os caminhos do progresso.
Um deles inicia na Rua Padre Abílio Sponchiado que, agora, conta com asfalto novo e de qualidade. Uma obra iniciada exatamente no feriado de 7 de Setembro de 2018, finalizada em novembro e que, neste final de semana, completou 1 ano, intacta.
Logo ao iniciar este percurso pela Padre Abílio, dobre à direita para visitar o bairro Dois Irmãos, local que faz parte do lote 1 de asfaltamento da zona leste e que está com asfalto 100% concluído. A obra no local ainda continua, agora com as calçadas.
Já que você está dentro do bairro, também pode passar pela Escola Nossa Senhora das Graças, obra aguardada há 11 anos e que, agora, estamos realizando em 100 dias e entregaremos até o final do ano. Alguns dirão: a quadra da escola não está asfaltada! E aproveito para responder que ela faz parte do segundo lote, que iniciaremos em breve, o que asfaltará 8 km da zona leste e que contempla, em sua maioria, trajetos de linhas de ônibus.
Terminada a visita ao Dois Irmãos, voltamos para a Padre Abílio e continuamos nosso caminho (asfaltado), até a São Judas. Ali, vamos dar uma chegada no bairro Bonito, onde por 40 anos os moradores sofrem com alagamentos que inundam suas casas. Neste local, uma grande obra realizada pelo Daeb está em fase de conclusão, para acabar de vez com o problema. A previsão é que, a partir de outubro, esteja 100% concluída.
Depois dessa visita, vamos até o bairro Morgado Rosa. Lá, ao lado do Ginásio Mosquitão, encontraremos a Rua Breno Machado, mais uma via que asfaltamos para oferecer acesso às 564 casas que nosso governo conquistou para os bajeenses. A obra das moradias está muito adiantada e, em breve, serão definidos os números dos apartamentos para cada morador, já sorteado.
Trilhando outro caminho, iniciamos na zona oeste da cidade, o trecho abrangido pelo anel rodoviário, aguardado há 30 anos e que se encontrava parado até o início do nosso governo. Retomamos a obra, desacreditada pelos próprios moradores do local, e concluímos. A entrega foi realizada no início de agosto do ano passado.
Esse caminho nos leva à zona norte, onde o tão sonhado asfaltamento da Attila Taborda, aguardado por mais de 40 anos, também foi realizado. Ao dobrar à direita, é possível chegar na nossa Estação de Tratamento de Água, a ETA, onde um novo reservatório de água está construído para armazenar e distribuir 4 milhões de litros. Água de qualidade, com processo de armazenagem moderno e que fará com que chegue às zonas mais distantes, mesmo em tempos de maior consumo.
Após a ETA, vamos dobrar na Av. Espanha? Por aqui, chegaremos aos outros 600 apartamentos construídos e que, ao somarmos com as 564 casas já mencionadas, totalizamos 1.164 moradias para os bajeenses. Este é o maior programa habitacional do Estado e está sendo realizado aqui, em Bagé.
Mesmo com estas obras históricas, os pessimistas e opositores insistem em olhar para o que ainda não foi realizado, tática para descredenciar um governo que vem realizando obras aguardadas por décadas. É claro que não foi possível fazer tudo, pois não se ergue totalmente uma cidade com dívidas milionárias e que ficou quase 20 anos estagnada em tão pouco tempo. Alguns desejam que não falemos sobre o passado, sobre as más gestões anteriores, mas digo: enquanto os atos do passado acarretarem em danos que pagamos no presente, eles serão sempre lembrados por mim. Falar nos desgovernos anteriores, não significa ficar de braços cruzados e apenas culpando as gestões. A prova disto está nas obras que já mencionei e em outras tantas que, como disse no início deste artigo, já somam mais de 100.
Convido os bajeenses a trilhar os caminhos do progresso, pois afirmo, vem muito mais por aí!

Deixe seu comentário abaixo

Outras edições

Carregando...