ANO: 26 | Nº: 6528
13/09/2019 Esportes

Bagé abre returno em duelo direto pela vice-liderança

Foto: Antônio Rocha

Vitória sobre 12 Horas foi importante
Vitória sobre 12 Horas foi importante
Embora a vitória tenha vindo num jogo truncado, de pouco brilho, o resultado final da partida contra o 12 Horas proporcionou ao Bagé encerrar o primeiro turno da Copa Seu Verardi na vice-liderança do grupo A, com oito pontos. À frente está o Pelotas, com 10. Abaixo, Cruzeiro (sete), 12 Horas (um, saldo -6) e União Harmonia (um, saldo -12). Neste sábado, o jalde-negro abre o returno contra o Cruzeiro, às 15h, na Arena Cruzeiro, em Cachoeirinha. Pelas circunstâncias da tabela, trata-se de um confronto direto pela manutenção da segunda posição.
Por ter um ponto a mais, basta um empate em Cachoeirinha para que a equipe do técnico Rinaldo Lopes Costa (Badico) se mantenha na segunda posição. E, se pensar numa perspectiva com planos maiores, em caso de vitória sobre o Cruzeiro, o Bagé fecharia a sexta rodada na liderança da chave. Isso porque o Pelotas, atual primeiro colocado, folgará, e o outro duelo do grupo, entre 12 Horas x União Harmonia, não tem influência na parte de cima da tabela.
Em caso de vitória, a liderança seria provisória, pois, na próxima rodada, entre os dias 21 e 22, quem folga é o Bagé. E, teoricamente, a tendência é que o Pelotas recupere a ponta da tabela, visto que enfrenta, em casa, o 12 Horas. Porém, tudo será decidido no dia 29, quando o Bagé recebe o Pelotas, no estádio Pedra Moura. Mas, claro, todos esses cálculos partem do princípio de que o Abelhão obtenha um resultado positivo neste sábado, contra o Estrelado.

Desistência de reforços

Anunciado anteriormente, o lateral direito/atacante Everton, trazido do São José, não faz mais parte do elenco jalde-negro. O jogador sequer estreou. A decisão envolveu questões técnicas. Outro que não chegou a jogar foi o atacante Douglas Skilo. Contratado no meio da temporada, o atleta foi liberado para resolver problemas pessoais e não retornou mais.
A diretoria também desistiu de trazer, novamente, o lateral esquerdo Gustavo Nogy e o meia Cris Magno. Ambos estão lesionados e seriam pouco aproveitados na competição. E quanto ao lateral direito Fabinho Capixaba, anunciado na semana passada nas redes sociais do Bagé, a situação é uma incógnita. Até sábado, o clube ainda deve avaliar as atuais opções no elenco para definir se assina ou não com ele.
A tendência é que a diretoria feche o ciclo de contratações com um zagueiro que atue pelo lado esquerdo. O nome mais cotado é o de Gabriel Peres, vice-campeão da série B catarinense, pelo Concórdia.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...