ANO: 26 | Nº: 6543
16/09/2019 Esportes

Bagé vence Cruzeiro de virada e é líder desta rodada na competição

Foto: Luiz Argimon/Especial JM

Comemorado o jogo
Comemorado o jogo

O Grêmio Esportivo Bagé foi a Cachoeirinha e trouxe três pontos na bagagem, após o jogo contra o Cruzeiro, em que venceu por 2 a 1, de virada. Com o resultado, o jalde-negro é líder nessa sétima rodada. No próximo final de semana, o Bagé folga e volta a jogar no dia 29, contra o Pelotas, valendo a liderança no Estádio do Pedra Moura.
No primeiro tempo, o Cruzeiro teve mais domínio de bola, apesar de todo o jogo ter sido truncado, o adversário do Bagé tentava marcar. Aos 21 minutos, um lance difícil, com um giro de meia-lua, um jogador do Bagé tentou pela direita, mas não marcou, saindo a bola para a linha de fundo.
Edinei, minutos depois, também tentou, mas a bola ficou com o Cruzeiro. Na sequência, um choque entre um jogador do Cruzeiro e o goleiro do Bagé, deixa o defensor machucado.
Apesar do empenho das duas equipes, o gol só veio no final do primeiro tempo, aos 42 minutos, em um cruzamento fechado. Sem zagueiro do Bagé, Leonardo cabeceou para dentro da área e Júlio César marcou o primeiro da partida, abrindo o placar.
As equipes retornaram para o segundo tempo com algumas alterações. O goleiro do Bagé foi substituído. Após aguardar mais de 35 minutos para o retorno da ambulância ao estádio, o jogo começou melhor e a equipe jalde-negra veio diferente.
Aos oito minutos, uma falta para a equipe do Cruzeiro não deixou intimidado os jogadores bajeenses, que conseguiram tirar a bola, e, no contra-ataque o Bagé lançou a bola na área, tentando o empate, mas em uma dividida perdeu para um jogador cruzeirense.
A equipe do Cruzeiro queria manter o placar e tentava se defender das investidas do Bagé. Mas aos 25 minutos, Léo Bahia invadiu a área, driblou o goleiro e fez o gol que empatou a partida.
Como o time do Bagé estava melhor no segundo tempo, jogava mais e marcava forte o Cruzeiro. Em uma falta perigosa, o Bagé se defendeu e a bola bateu na barreira, aos 33 minutos do segundo tempo.
O jalde-negro seguia em busca do gol que viria aos 44 do segundo tempo. Wallan pintou na área e, após um cruzamento, botou por cima do goleiro do Cruzeiro, trazendo a vitória para a Rainha da Fronteira, na Copa Seu Verardi.

Ficha técnica

Arbitragem: Rafael Klein, auxiliado por Conrado Bitencourt Berger e Gibran Veloso Teixeira.
Bagé: Vandré (Medina), Dênis, Emílio, David, Cristian (Gustavinho), Ednei, Fernandinho (Gustavinho), Léo Bahia e Vinícius (Wallan).
Cruzeiro: Wellerson; Fabricio, Benhur Mafini, Feliphe Gabriel e Ivan; Ben-Hur Jardim (Douglas), Júlio César, Leo Pra (Vaguinho), Eduardo, Janderson (João Pedro) e Lucas Coelho. Técnico: Fernando Agostini.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Outras edições

Carregando...