ANO: 26 | Nº: 6588
18/09/2019 Cidade

Carrapato é tema de Jornada Técnica na Associação Rural de Bagé

Foto: Tiago Rolim de Moura

Evento reuniu en torno de 200 profissionais da região
Evento reuniu en torno de 200 profissionais da região
Por Ianca Ferreira
Acadêmica de Jornalismo da Urcamp


A Associação Rural de Bagé foi palco, ontem, da Jornada Técnica que abordou o tema "O controle do carrapato", considerado um dos principais problemas da pecuária na atualidade. O evento reuniu mais de 200 profissionais da região, como médicos veterinários, produtores rurais entre outros que atuam direta ou indiretamente na área.
Promovido pelo Núcleo de Produtores de Terneiros de Corte, Associação e Sindicato Rural de Bagé e Sociedade de Veterinária do Rio Grande do Sul, a atividade visou abrir caminho para ações voltadas impedir a incidência de casos. De acordo com Luís Eduardo Murgas Vaz, presidente do Núcleo de Produtores de Terneiros de Corte, o tema é de 'extrema importância', visto que os produtores vêm sofrendo prejuízos há cerca de quatro anos, causados especificamente pelo carrapato. "Achamos de suma importância discutir este assunto, trazer especialistas para o seminário, para podermos chegar a uma resposta imediata, pois já estamos chegando na primavera, que é a estação em que a proliferação desses parasitas aumenta", destaca.
Alfredo Vieira, vice-presidente da Academia Rio-grandense de Medicina Veterinária e palestrante do evento, abordou o assunto sobre a resistência das raças ao carrapato e afirmou que as demandas apresentadas no Seminário serão encaminhadas às autoridades competentes, como a Secretaria Estadual de Agricultura Pecuária e Desenvolvimento Rural. A partir disto, medidas de controle serão cobradas, junto às Inspetorias Veterinárias.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...