ANO: 25 | Nº: 6381

Viviane Becker

viviminuano@hotmail.com
Colunista social do Jornal Minuano, Viviane Becker é experiente jornalista de geral e conhecida editora do caderno de variedades Ellas.
20/09/2019 Caderno Ellas

Grupo Gauchada

Foto: Reprodução JM

por Nathália Gougo
Acadêmica de Jornalismo da Urcamp

 

Composto por Guilherme Oliveira, 46 anos; Cris Medeiros, 31 anos, e Fernando Porciúncula, 27 anos, o grupo Gauchada, reúne talentosos músicos, sendo dois de Bagé e um do Mato Grosso do Sul.

O trio se uniu com o intuito de não deixar a cultura da música gaúcha morrer, para dar voz e melodia a canções nativistas e por acreditar que essa é uma das formas mais puras de manter acesa essa tradição.

Para o grupo, a música está nas suas vidas desde muito cedo por forte influência da família e da escola. Alguns já demonstravam gosto pelos instrumentos antes mesmo de falar e logo começaram a fazer aulas de instrumentos.

Ao longo da sua jornada, passaram por diversos estilos musicais, mas se encontraram no nativismo. E hoje fazem tem o prazer de cultuar a diversidade musical do Rio Grande do Sul.

O grupo enfatiza que um dos motivos principais de estarem unidos é pelo amor a  música, pelo sentimento, onde o mais importante é a sensibilidade e o respeito a música, tendo humildade para transmitir a sua pura essência.

Trazem consigo grandes influências na música, como Lisandro Amaral por sua representatividade no meio nativista e pelas mensagens transmitidas através de suas letras, também se salienta Eron Vaz Matos, Marcelo Caminha, Luciano Fagundes, Diogo Correia, Luiz Godinho, dentre outros.

Ellas: Que recado vocês deixam para a galera que também sonha com um lugar ao sol na música?

Cris: “Façam música, tentem encontrar a sua verdade. Não sejam preconceituosos com os estilos: música é música e não é competição. Façam seu som com amor e dedicação que a recompensa vem. A frustração chega quando a gente busca o glamour da música e não a música em si. Há muitos músicos "anônimos" que não aparecem na TV, mas são felizes e pagam suas contas com música. Quer vida melhor?"

Fernando: “Primeiro, é pedir a Deus para ter saúde e inteligência para trabalhar com música. Segundo, nunca desistir. Terceiro, com toda certeza,  ter humildade e ser simples, o resto se conquista. ”

Guilherme: “Ter sentimento pelo que faz, gostar do que está fazendo, sem pensar primeiro em ganhar dinheiro com isso. Fazer dando o melhor de si por amor a música, pois se o sucesso tiver que acontecer, vai acontecer ao natural, ou seja fazer por que gosta mesmo, passar o seu sentimento através das canções, fazer com que as pessoas sintam também. Procurando sempre fazer a coisa certa, com calma, fazer de coração que tudo dá certo. ”

 

 

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias do caderno

Outras edições

Carregando...