ANO: 25 | Nº: 6401
24/09/2019 Opinião

Banrisul: planejamento e execução rigorosos

por Marco Aurelio Cardoso​​​, secretário da Fazenda do RS​,
e Claudio Coutinho, presidente do Banrisul

O ano de 2019 tem sido favorável aos mercados de capitais. O Ibovespa atinge sua máxima valorização em todos os tempos e há recordes no lançamento de ofertas. Em 12 de junho, após seguidas discussões com diversos bancos, o Banrisul informou ao mercado do interesse do Estado na venda de parte de suas ações ordinárias, mantendo o controle público.

Sob coordenação do Banrisul e de três das mais reconhecidas instituições (Bank of America, Itaú BBA e JP Morgan), assessoradas por renomados consultores jurídicos, foi modelada uma oferta tecnicamente rigorosa e operacionalmente ágil. A alienação das ações, cujos preços se encontram em suas máximas históricas, aumentaria o número de acionistas e contribuiria para a situação fiscal.

A oferta pública com esforços restritos é um modelo consagrado e permite acesso a uma ampla base de investidores institucionais domésticos e estrangeiros. Prova disso é que foi utilizada por todas as operações similares ("follow on") em 2019, à exceção quase única da Petrobras.

Anunciada em 9 de setembro, em uma janela de mercado favorável, a oferta contou com intensa agenda de roadshows da alta administração do Banrisul. O cronograma foi cuidadosamente elaborado, ponderando uma quantidade de dias que permitisse essa interação e mitigasse o risco de volatilidade nos preços, desenho absolutamente comum nesse mercado.

A operação teve ampla participação local e externa e as intenções de investimento superaram em muito a quantidade de ações, provando o interesse pelo ativo e o conforto com a estrutura. Em tais ofertas, usualmente há um desconto sobre o preço de tela e isso era obviamente previsto. No entanto, apesar da flexibilidade em estender as negociações por mais um dia, não houve convergência no preço para patamares aceitáveis ao Estado.

Planejada cuidadosamente, liderada por um consórcio de primeiro time, aderente às melhores práticas internacionais e com transparência adequada às regulações, a oferta do Banrisul não careceu de qualidade nem de experiência. Ao contrário, é prova de que o governo gaúcho, apesar da fragilidade das contas públicas, está atento às oportunidades com responsabilidade e atrai o interesse de qualificados parceiros financeiros.

 

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...