ANO: 26 | Nº: 6590
24/09/2019 Fogo cruzado

Câmara aprova projetos que estabelecem novos patrimônios culturais

Foto: Sidimar Rostan/Especial JM

Apenas dois dos sete projetos em pauta foram votados em plenário
Apenas dois dos sete projetos em pauta foram votados em plenário
O Legislativo bajeense aprovou, nesta segunda-feira, em roteiros de sessões extraordinárias, os projetos que classificam a Fanfarra da 3ª Brigada de Cavalaria Mecanizada (3ª Bda C Mec) e a entidade artística Pianistas de Bagé como patrimônios culturais e históricos do município. As duas propostas foram apresentadas pela vereadora Sonia Leite, do Progressistas.
Cinco das sete matérias que tramitavam no Legislativo ficaram em vista. O líder do governo, vereador Graziane Lara, do PTB, criticou os pedidos relacionados às proposições que tratam sobre o Departamento de Água, Arroios e Esgoto de Bagé (Daeb). A primeira redação cria o Núcleo de Fabricação de Bueiros e Artefatos de Cimento e do Núcleo de Dívida Ativa no Setor de Dívida Ativa, estabelecendo novos cargos, a exemplo do chefe do núcleo de fabricação de bueiros e artefatos de cimento; a segunda busca autorização para contratar seis serviços gerais.
Integrantes da oposição questionam a criação de cargos, ponto que é rebatido pelos representantes da base. Também ficou em vista a revogação da legislação que exclui da obrigação de pagamento, no estacionamento da denominada Zona Azul, os veículos utilizados por pessoas portadoras de deficiência e os carros conduzidos por pessoas idosas a partir de 60 anos de idade (pelo prazo de duas horas).
Seguem sob avaliação da Câmara, ainda, a redação assinada por integrantes da mesa diretora da Câmara, que altera o nível do cargo de Coordenador de Comunicação, de CC1 para CC3, e o texto que altera a faixa salarial do cargo de coordenador de Turismo, passando de CC5 para CC8. As duas matérias tramitam desde a semana passada e estavam em vista, ainda nas comissões técnicas.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...