ANO: 26 | Nº: 6526
26/09/2019 Esportes

Postura agressiva para encarar o Pelotas

Foto: Tiago Rolim de Moura

Jalde-negro está matematicamente garantido nas oitavas de final
Jalde-negro está matematicamente garantido nas oitavas de final
O principal jogo do Bagé na primeira fase da Copa Seu Verardi é neste domingo, às 15h, no estádio Pedra Moura. Ao enfrentar o Pelotas, além de ter pela frente um adversário qualificado, que merece respeito, é a liderança que estará em jogo. Aliás, algo que é primordial para definição dos enfrentamentos nas oitavas de final, cuja classificação já está matematicamente garantida. O fator local é algo que a comissão técnica espera para que possa auxiliar no confronto. Contudo, é consenso no ambiente de que é preciso fazer sua parte de dentro de campo. Logo, manter a invencibilidade na competição.
Nos treinamentos da semana, o técnico Rinaldo Lopes Costa (Badico) tem primado por uma postura agressiva. Com a posse de bola, intensidade e uso constante da passagens dos laterais. Sem a bola, a famosa marcação sob pressão, algo, inclusive, enaltecido veementemente por Badico, nas orientações no gramado. Dessa forma, a tendência é que a postura gere reflexos na formatação dentro de campo e na escolha dos 11 iniciais.
No sistema defensivo, aparentemente, Badico definiu os titulares do setor. No gol, Vandré é incontestável. Na vitória contra o Cruzeiro, o goleiro sofreu um choque e precisou ser substituído. Porém, não passou de susto e treina normalmente com o elenco. Na lateral direita, Nenê tem recebido sequência e agradou a comissão técnica. Então, é o dono da posição. Na defesa, Emílio, unanimidade, tem como companheiro David, que iniciou o campeonato atuando como primeiro volante. Já recuperado de lesão, Ilson será opção no banco de reservas. Na lateral esquerda, Ednei, desde que foi liberado, após a "novela" do Inter de Lages, é o responsável pela função.
No treinamento de ontem, Badico deixa a entender que prima pela ofensividade, embora haja diferença, taticamente, no conceito de atuar com e sem a bola. Mas, pelas características, pode-se deduzir tal aspecto. O meio-campo, na atividade realizada pela manhã, no complexo Militão, foi composto por Moisés Baiano e Rogerinho (na abertura), Gustavinho (centralizado), Vinícius e Wallan Luan (nas pontas). Por fim, como centroavante, Léo Bahia.

Fernandinho é dúvida

Como já citado, o responsável pelas articulações nos treinos tem sido Gustavinho. Então, surge o questionamento: e Fernandinho? O camisa 10 jalde-negro está com uma lesão no braço, em volta do cotovelo. A expectativa do jogador é que volte, normalmente, aos treinamentos, amanhã. Então, resta saber se Badico optará por ele ou pelo que testou nos últimos dias.

Atualização de Matheus Damasceno

Tema de reportagem na edição do dia 10 de setembro, o volante Matheus Damasceno voltou a treinar com bola. Porém, o ritmo tem sido dosado, até porque o jogador sente algumas dores, dependendo de alguns movimentos. Por isso, o avanço ainda é gradativo. Mas, nesta semana, há possibilidade do volante jalde-negro ter uma ideia mais precisa de data de retorno. Isso porque consultará em Passo Fundo com o médico responsável pelo seu procedimento cirúrgico em 2016, quando teve rompimento total do cruzado anterior, atuando pelo Guarany.
A esperança da torcida é de que Damasceno esteja à disposição para os mata-matas da Copa Seu Verardi. Vale lembrar que o jogador se lesionou na Divisão de Acesso, no dia 3 de abril, contra o Lajeadense, pela 12ª rodada da primeira fase. Em boa fase, a saída do atleta causou problemas na equipe, que precisou passar por toda uma mudança de formatação tática, justamente num momento em que o sistema estava encaixado e num período de nove jogos sem perder.

Wilian Ribeiro fora

Desfalque desde a segunda rodada, o meia-atacante Willian Ribeiro não deve mais atuar pelo jalde-negro. Inicialmente, o problema era uma contratura muscular em que o jogador se recuperava. Porém, após a vitória contra o Cruzeiro, no sábado retrasado, o atleta foi liberado para resolver problemas particulares, em Pelotas. E, pelo tempo longo, dificilmente deve retornar. Tanto que a direção não conta mais com a utilização do atleta e até já recorreu ao mercado. A explicação vem no parágrafo seguinte.

Reforço vindo do Ypiranga

Se por um lado, Willian Ribeiro saiu, o Bagé conta com uma nova peça para o elenco. Trata-se do atacante Joãozinho, 20 anos, que estava no Ypiranga. No clube de Erechim desde 2018, Joãozinho atuou na Divisão de Acesso, Copa do Brasil e série C do Brasileiro. Mais atrás, lá em 2015, ele passou pelo Marau e teve atuação destacada na semifinal, quando o clube eliminou o Bagé, na semifinal da Terceirona, em pleno estádio Pedra Moura. O jogador já treina com o elenco e, assim que tiver sua situação regularizada frente a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), estará à disposição do técnico Badico.

Ingressos à venda

Já estão sendo comercializados os ingressos para o duelo de domingo. Antecipados custam R$ 15. No dia do jogo, o valor sobe para R$ 30 (geral). Os pontos de venda são a secretaria do clube e a praça Silveira Martins. A direção pede para que, entre hoje e amanhã, das 11h às 19h, os sócios com mensalidade em dia compareçam ao clube para retirar o ingresso. A medida visa tornar mais ágil o acesso ao estádio. "Assim, não demorará na fila para verificar se está em dia ou não e poderá entrar em qualquer portão com esse ingresso. Mas somente para sócios em dias", destaca a diretoria.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Outras edições

Carregando...