ANO: 26 | Nº: 6524
04/10/2019 Campo e Negócios

Pesquisador da Embrapa é empossado na Academia Rio-Grandense de Medicina Veterinária

O pesquisador da Embrapa Pecuária Sul, José Carlos Ferrugem Moraes, foi empossado como novo membro da Academia Rio-Grandense de Medicina Veterinária, em solenidade realizada durante o 19º Congresso Estadual de Medicina Veterinária da Sociedade de Veterinária do Rio Grande do Sul (Sovergs).

No mesmo ato, que aconteceu em Gramado, na semana passada, também tomou posse como membro da Academia o pesquisador aposentado da Embrapa, Francisco de Paula Jardim Alves Branco, além de outros três profissionais da Medicina Veterinária: Elci Lothar Dickel, Isabel Regina Scheid e João Carlos Gonzales.

O ingresso na Academia Rio-Grandense de Medicina Veterinária é uma distinção à trajetória de trabalho dos profissionais da área. "Na verdade, é um reconhecimento à vida profissional pregressa e um estímulo para continuar trabalhando. Fiquei muito honrado com o convite e seguirei colaborando para o desenvolvimento e a cultura da Medicina Veterinária", destacou Ferrugem, que ocupará a cadeira 19 na Academia.

Carreira

Formado em Medicina Veterinária pela Universidade Federal de Pelotas (1975), mestre em Genética pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1979) e doutor em Ciências na mesma Instituição (1984), José Carlos Ferrugem Moraes começou sua carreira na área de Reprodução Animal da Cooperativa Sulina de Inseminação Artificial (Cosulia, Pelotas, 1976). Depois, foi professor da Faculdade de Veterinária da FAT-FUnBa (Bagé, 1979-1987). Em 1987, ingressou como pesquisador da Embrapa Pecuária Sul, onde atua até hoje. Tem experiência na área de Medicina Veterinária, com ênfase em Fisiopatologia da Reprodução Animal e Genética da Reprodução, atuando principalmente com ovinos e bovinos na área de fertilidade e prolificidade.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...