ANO: 26 | Nº: 6587
05/10/2019 Cidade

Estado designa fiscais para atuarem na construção de nova ponte sobre o Rio Jaguarão

Foto: Divulgação

Estrutura atual está comprometida
Estrutura atual está comprometida

Uma ponte sobre Rio Jaguarão, localizada no interior de Candiota, na divisa com Hulha Negra e Aceguá, já não tem mais condições de ser utilizada devido a problemas no madeiramento. A estrutura foi interditada por mais de uma vez. Em virtude de tal cenário, o Departamento Autônomo de Estradas e Rodagem (Daer) designou especialistas para acompanharem a execução de um trabalho resolutivo.
Na sexta-feira, o presidente do Daer, Sivori da Silva, nomeou os especialistas rodoviários Jorge Henrique Vieira Fernandes e Carlos Alexandre Pinto Toniolo, como fiscal titular e suplente, respectivamente, para atuarem junto à ponte. Com isso, o projeto deve ser encaminhado para a Caixa Econômica Federal, para revisão.
O prefeito de Candiota, Adriano Castro dos Santos, comentou que, esta semana, esteve na Secretaria de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural do RS, com o secretário-adjunto Luiz Fernando Rodrigues Junior, o secretário de Transportes, Juvir Costella, e com o presidente do Daer solicitando a indicação dos fiscais. Conforme ele, desde janeiro deste ano, as prefeituras de Candiota, Hulha Negra e Aceguá buscavam a nomeação e o posterior início da obra.

Pauta antiga
A mudança no projeto da construção da ponte sobre o Rio Jaguarão chegou ser debatida em abril de 2018. Na época, os representantes do Consórcio Público Intermunicipal de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental dos Municípios da Bacia do Rio Jaguarão (Cideja) e o deputado estadual Fábio Branco (MDB) articularam a construção da nova ponte sobre o Rio Jaguarão. Durante o encontro, Santos entregou ao deputado um relatório fotográfico apontando as condições da estrutura, na época.
O processo licitatório, segundo informado, foi realizado e a empresa que irá realizar a construção da nova ponte já está definida. No entanto, engenheiros da construtora, em comum acordo com técnicos do Daer, identificaram a necessidade de alterações no projeto.

 

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...