ANO: 25 | Nº: 6399
11/10/2019 Cidade

Expoaula recebe mais de 2,5 mil alunos durante programação da 107ª Expofeira

Foto: Antônio Rocha

Equipe formada por professores e universitários dos dois cursos de Ciências Rurais conduzem o projeto
Equipe formada por professores e universitários dos dois cursos de Ciências Rurais conduzem o projeto

Pelo sexto ano consecutivo, professores e acadêmicos dos cursos de Agronomia e Medicina Veterinária da Urcamp foram anfitriões de milhares de estudantes do Ensino Fundamental durante a Expoaula. O projeto, realizado em parceria com a Associação e Sindicato Rural, Emater, Embrapa, Sicredi e 25º Grupo de Artilharia de Campanha (25º GAC), busca mostrar a importância do setor primário para os jovens. A iniciativa encerra nesta sexta-feira, dentro da programação da 107ª Expofeira de Bagé.

Coordenadora do curso de Agronomia, Eliana Valente Silveira explica que, ao todo, serão 23 escolas atendidas ao término da feira, sendo 21 escolas municipais e duas particulares, além de uma instituição de ensino de Hulha Negra, somando cerca de 2,5 mil alunos durante os três dias da Expoaula.

O passo a passo

A atividade inicia com a recepção dos alunos no pavilhão central, onde é exibido um vídeo sobre a importância do produtor rural. Em seguida, a Emater, em parceria com as arrozeiras Coradini e Pampeano, realiza a distribuição de arroz de leite para os alunos.

A partir daí, os estudantes são levados aos pavilhões, onde estão localizadas as estações de aves, gado de leite e gado de corte. Os próprios acadêmicos dos cursos de Agronomia e Veterinária são responsáveis por conduzir a visita, onde mostram ao público formado por alunos a partir de oito anos, de onde vem os alimentos e quais as responsabilidades do produtor rural e comprometimento com a qualidade dos alimentos que chegam até à mesa da população e sanidade dos animais e meio ambiente.

Em seguida, uma equipe do 25º GAC recepciona os alunos em uma minifazenda, onde apresentam técnicas de esquila e encilhamento. Além da possibilidade de passear a cavalo, os alunos também são apresentados a alguns equipamentos utilizados no dia a dia de propriedades rurais.

Atuando como monitor desde a primeira edição da Expoaula, Felipe Machado Ferreira, 22 anos, é aluno do 8º semestre do curso de Veterinária. Ele conta que o projeto é uma forma de apresentar o meio rural para crianças que, muitas vezes, não têm proximidade com a vida no campo. “É importante informar as crianças, desde pequenas, de onde vem o alimento e esclarecer algumas informações que chegam erradas até eles, em alguns casos. E isso também enriquece nosso currículo e conhecimento”, conta.

Já para o calouro do curso de Agronomia da Graduação I, Fabrício Simões Martins, 20 anos, a possibilidade de tomar o lugar do professor e apresentar os conhecimentos adquiridos para a criançada é um dos maiores atrativos. “Para muitas crianças isso aqui é novidade porque não conhecem o campo. Então, explicamos tudo isso de forma didática para eles saberem realmente como funciona o processo que antecede o consumo do alimento” , conta.

E um destaque deste ano foi a realização da 1ª Roda de Conversa sobre o Agro, na tarde de ontem, da qual participou Eliana, representando a Urcamp, e diretores e coordenadores de mais de 30 instituições de ensino do município. “A roda foi pensada para debater e levar conhecimentos técnicos e para as escolas, desmistificando o ataque maciço que o agronegócio vem sofrendo”, pontua.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...