ANO: 26 | Nº: 6577
31/10/2019 Esportes

Bagé perde para o Inter-B e está eliminado da Copa Seu Verardi

Foto: Antônio Rocha

Abelhão sofreu nova derrota por 2 a 1
Abelhão sofreu nova derrota por 2 a 1

Esforço dos jogadores não faltou. Torcida compareceu em peso. Entretanto, a qualidade colorada foi mais forte na noite desta quarta-feira, no estádio Pedra Moura. Mais uma vez, o Bagé foi superado pelo Inter-B, por 2 a 1, pelo jogo de volta das quartas de final, e deu adeus a Copa Seu Verardi e ao sonho de disputar uma competição nacional em 2020, quando completa 100 anos. Agora, é momento de reorganizar casa e já começar o planejamento para a Divisão de Acesso.

O jogo

Com um Pedra Moura praticamente lotado, o clima decisivo envolveu os jogadores dentro de campo, que, desde o apito inicial, iam para as divididas como se fosse a última. Mas logo aos sete minutos, Badico teve que queimar sua primeira substituição. Dênis sentiu e precisou dar lugar a Talyson.
A primeira chance efetiva foi aos 10 minutos. Moisés Baiano ganhou na força, avançou pela direita e levantou para a área. Matheus Freitas, com boa presença na área, quase fez de cabeça. Velocidade e lances ríspidos não faltavam durante o jogo. O banco do Bagé, por exemplo, reclamava constantemente da conduta da arbitragem, pedindo faltas e cartões. Aos 19, Wallan cobrou escanteio e Matheus Freitas, de novo, levou perigo na bola aérea. Dessa vez, quem salvou foi o bom goleiro Keiller, espalmando para fora.
A agressividade do Bagé obrigou com que o Inter esboçasse reação, que veio poucos minutos depois. Aos 22, Netto arriscou de fora da área e Guilherme Medina se espichou para fazer a defesa. No escanteio, Valdemir cobrou fechado e acertou na trave, surpreendendo a todos. Aos 23, Pedro Lucas recebeu na entrada da área, girou e bateu em cima de Medina. E na cobrança de escanteio, aos 24, veio o gol. Valdemir levantou para a área e Léo Bahia, do Bagé, desviou contra a própria goleira, pegando Medina desprevenido: 1 a 0 Inter.
Naturalmente, o gol deu uma desanimada no Bagé, que baixou o ritmo por mais de 10 minutos. Porém, nos acréscimos, acendeu, mais uma vez, o sonho da classificação. Aos 46, Léo Bahia, recebeu lançamento na entrada da área, matou o peito e fez um golaço de bicicleta, para empatar a partida e incendiar mais uma vez o jogo. Curiosamente, o centroavante jalde-negro ficou marcado por ter feito gol nos dois lados, ainda que não houvesse intenção.
Na etapa complementar, assim que a bola rolou, Vinícius arrancou pela esquerda e invadiu a área. Porém, Keiller saiu bem e abafou o lance. Em seguida, o atacante jalde-negro sentiu e teve que dar lugar a João Felipe.
O Bagé se esforçava, mas não conseguia furar as linhas do Inter, bem compactado no sistema defensivo. E quando os colorados conseguiram a primeira escapada, balançaram as redes. Aos 22, o centroavante Pedro Lucas recebeu sem marcação, girou e chutou alto, sem chances para o goleiro Medina: 2 a 1 e, mais uma vez, o Inter na frente. Até o final, o Inter só administrou o placar.
No final, o torcedor reconheceu o esforço e aplaudiu os jogadores jalde-negros, que não mediram esforços dentro de campo.

FICHA TÉCNICA
BAGÉ 1X2 INTER-B
Copa Seu Verardi – Quartas de final (volta)
Estádio Pedra Moura
31 de outubro de 2019 – Quinta-feira

BAGÉ- Guilherme Medina, Dênis (Talyson), Matheus Freitas, Ilson e Ednei (Vítor); David (Gustavinho), Moisés Baiano, Fernandinho (Loran), Vinícius (João Felipe) e Wallan Luan; Léo Bahia. Técnico: Rinaldo Lopes Costa (Badico).
INTER-B - Keiller, Valdemir, Fábio Alemão, Leocovick e Erick (Matheus); Jéferson, José Gabriel (Caio), Jhonny (José Vítor), José Aldo (Juliano Fabro) e Netto; Pedro Lucas (Matheus Monteiro). Técnico: Manu Correa.
ARBITRAGEM - Daniel Soder, auxiliado por Leirson Martins e Mateus Rocha. Quarto árbitro, Marcus Vinícius dos Santos e delegado, Paulo Camacho.
GOLS – Léo Bahia (Bagé); Léo Bahia, contra, e Pedro Lucas (Inter)
AMARELO – Erick (Inter)

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...