ANO: 26 | Nº: 6527
04/11/2019 Cidade

Dia de Finados leva milhares de pessoas aos cemitérios da cidade

Foto: Tiago Rolim de Moura

Visitantes lotaram a principal necrópole da cidade
Visitantes lotaram a principal necrópole da cidade

No sábado, Dia de Finados (2 de novembro), milhares de bajeenses prestaram homenagens nos cemitérios da cidade. Os locais registraram movimentação, que iniciou durante a semana passada e se intensificou no dia dedicado aos que já partiram.
A maior movimentação foi verificada nas primeiras horas do dia, logo ao abrir dos portões do cemitério da Santa Casa de Caridade. Correndo contra o tempo e contra a chuva, os bajeenses aproveitaram os momentos de estiagem para prestarem suas homenagens.
A tarde também registrou alta frequência de visitantes nas necrópoles. Foi o caso de Dagoberto Ávila Marques, que esperou o tempo firmar, sem chuva, para sair.
Ele conta que, há muitos anos, mantém a rotina de visita aos túmulos dos falecidos em dias especiais, como Finados, Dia das Mães e Dia dos Pais, além dos aniversários. Fora isso, sempre que está nas proximidades da necrópole, vai até os túmulos para relembrar com saudade quem já se foi. "Eu tenho avós, pai, mãe, sobrinha e muitos amigos aqui. Sempre que entro, visito todos eles e relembro muitos momentos e peço para que eles estejam em paz", diz.
Maristela Vaz também aproveitou a data para trocar as flores dos jazigos de familiares e fazer uma prece no túmulo de Maximiliano Domingos do Espírito Santo, Mão Preta, ou Preto Caxias, enfermeiro conhecido pelo seu trabalho de cuidado aos pobres na cidade. "Eu não conheço muito da história dele, mas sei que foi uma pessoa muito boa. Só por ser alguém que fazia o bem para os outros já faz dele digno de ser homenageado", observa.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...