ANO: 25 | Nº: 6382

Viviane Becker

viviminuano@hotmail.com
Colunista social do Jornal Minuano, Viviane Becker é experiente jornalista de geral e conhecida editora do caderno de variedades Ellas.
08/11/2019 Caderno Ellas

A trilha sonora de sua vida: Hyra

Foto: Reprodução JM

por Nathalia Godoy
Acadêmica de Jornalismo da Urcamp

 

Iraja Bica Farias tem 32 anos e é conhecido, carinhosamente, por Hyra The Manifest. O cara é multifuncional, versátil e serve de exemplo e referência para muitos dos seus jovens seguidores. Uma personalidade que circula com desenvoltura por diferentes rodas sociais. Ele é capaz de atrair todos os olhares pelo seu estilo, e, sem esforço, conquistar fãs não apenas pelo seu profissionalismo, mas também pelo carisma e sorriso fácil.  

Hyra conta que, desde muito cedo, teve seus primeiros contatos com a música através da dança. Essa relação aconteceu, naturalmente, já que a mãe é cantora e seu pai e irmãos são percursionistas. O interesse maior pela música surgiu em 1999, com o objetivo de consumir algo diferente, com uma pegada mais norte americana em um cenário onde as pessoas não exploravam a fundo, esse tipo de arte.

Sua carreira como DJ teve início quando começou a ir nos eventos e observar que poderia explorar um estilo musical que não era o habitual, e por já dançar e consumir músicas diferentes, resolveu encarar o novo desafio. Traz, em seu trabalho, diversas roupagens de músicas que o público costuma ouvir, mas de uma forma única, talvez esse seja o seu maior diferencial e por isso é solicitado para trabalhos com variados perfis e faixa etária de público. "Música boa pode não ser uma música nova, lançada recentemente, pode ser a música lá de 1970, porém colocada com diferentes roupagens, trabalhando muito a questão da nostalgia", reforça.

Sua maior influência na música é Black Music, como Mickael Jackson, James Brown, Daniel Kaizar, Érica Badu trazendo muita africanidade  e Lauren Will que faz uma mistura do reggae com o hip hop, que se tornou o seu estilo de música favorito. Porém, Hyra tem por seu principal estilo de trabalho o hip hop, underground, com uma estética mais agressiva, tocando desde música latina até afro bit.

É impossível falar no Hyra sem trazer para pauta o seu grupo de dança The Manifest, que teve início em 2006, com o propósito de explorar o melhor da dança de rua com a intenção de mostrar para as pessoas algo diferente, com a pegada underground. De lá para cá sua equipe já participou de vários festivais, cursos inclusive a nível internacional oferecidos no Brasil, com bailarinos do cantor Mickael Jackson no Brasil, depois de algumas aparições na televisão no canal SBT em 2009, TV Xuxa em 2010 e Globo Repórter em 2013.

 

Ellas: Uma mensagem para quem está iniciando e sonha em obter sucesso na carreira

Hyra: “Nunca desista. Mesmo sendo uma pessoa pobre, morador da periferia, nunca desisti dos meus sonhos. Por sonhar consegui ir na Globo e dançar em um programa de rede nacional. Seja diferente dos demais, seja referência no seu estilo, tanto visual como musical. Não tenha medo de fazer diferente porque a maioria das pessoas, fazem igual”.

Talvez esse seja o diferencial deste disputado profissional que tem conquistado seu espaço, marcando presença nos eventos mais badalados da cidade.  

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias do caderno

Outras edições

Carregando...