ANO: 25 | Nº: 6386
08/11/2019 Cidade

Feira do Livro tem expectativa de público superior a 10 mil visitantes

Foto: Mário Pereira/Especial JM

Abertura oficial do evento ocorreu na noite de quarta-feira
Abertura oficial do evento ocorreu na noite de quarta-feira
por Eduarda Lemos, Bianca Vaz e Mário Pereira
Acadêmicos de Jornalismo da Urcamp

A 22ª edição da Feira do Livro de Bagé deve reunir em torno de 10 mil visitantes até seu encerramento, no domingo. O evento conta com diversas atrações, como palestras, lançamento de livros, estandes, contos teatralizados, oficinas, entre outras atividades. Neste ano, o patrono homenageado é o advogado e escritor João Bosco Abero, que faleceu dias antes do início do evento, no dia 31 de outubro.

A gerente do Sesc Bagé, Liziane Mieres dos Santos, uma das organizadoras, destaca a importância cultural da iniciativa, sendo oferecida a oportunidade para escritores e artistas da cidade um espaço específico para apresentar suas obras. "A feira tem como principal objetivo fomentar a literatura e incentivar a leitura, principalmente, nas crianças e adolescentes", ressaltou. Ela aponta que a previsão é que o número de visitantes esteja em torno de 10 mil a 15 mil nos cinco dias de Feira.

O prefeito Manoel Machado, presente no ato de abertura, ressaltou a importância da Feira e das oportunidades que o evento traz para a cidade. Machado participou, também, do lançamento da 3ª edição do livro Antologia, escrito por alunos de 27 escolas municipais, envolvendo 159 alunos neste ano.

Quem visitou o primeiro dia da Feira do Livro se surpreendeu com a criatividade dos acadêmicos do Curso de Pedagogia da Urcamp, que estavam caracterizados como personagens clássicos da literatura infantil, como Chapeuzinho Vermelho e Lobo Mau, entre outros. "A importância da Feira do Livro é desenvolver a vontade da criança de ler e escrever", destacou a acadêmica Carine Lacerda, que foi ao evento caracterizada de Branca de Neve.

Para as livrarias que participam, o evento significa um possível aumento significativo nas vendas. A empresária Roselaine Freitas, que participa da Feira há 14 anos, conta que, a cada ano, aumenta o interesse dos pequenos, principalmente por conta do incentivo dos professores que os levam para visitar o evento.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...