ANO: 25 | Nº: 6382
09/11/2019 Cidade

Rek Parkin pretende operar estacionamento rotativo antes do Natal

Foto: Jaqueline Muza/ Especial JM

Parquímetros serão instalados em 24 pontos
Parquímetros serão instalados em 24 pontos

O prefeito de Bagé, Manoel Machado, assinou, ontem, o contrato com a empresa Rek Parkin, vencedora do processo licitatório para assumir o monitoramento e a modernização do estacionamento rotativo central. O ato aconteceu no Salão Nobre.

Conforme o gerente regional da empresa, Vinícius Macedo, o contrato prevê o início da operação em até 90 dias. Segundo ele, a expectativa é começar a atuação na primeira quinzena de dezembro. Para isso, distribuidores de tinta, de placas e balizas estão sendo contatados, pensando em tudo que é necessário para operação. Parte da estrutura deve se fixar em duas salas na Galeria Kalil. No local, será montado o setor administrativo. “Isso dará uma clareza ao processo. Fomos contratados para fazer uma democratização do espaço público”, disse.

Macedo ressalta que, na próxima semana, uma equipe da empresa virá a Bagé para demarcar os locais onde serão implantados os 24 parquímetros previstos. Ele destaca que, além das máquinas, com tecnologia que permite o pagamento pelo uso da vaga por meio de cartões de débito e crédito, pré-pago e moedas, a Rek parkin irá disponibilizar um aplicativo e um site para consultas. “Dentro de mais 15 dias, a população já poderá ver uma mudança na cidade”, afirmou.

O gerente salienta que a expectativa é colocar o sistema em funcionamento antes do Natal, para auxiliar o comércio no quesito rotatividade. Ele disse que, além das modalidades de pagamento direto na máquina, serão disponibilizados 10 locais para a venda dos tíquetes, cartões e compra de créditos.

Para ele, o trânsito de Bagé é extremamente "carregado" e, com a implantação do sistema, a tendência é modernizar para que haja rotatividade. “Serão contratados oito monitores para auxiliar os usuários, mostrar as lojas conveniadas e dirimir dúvidas a respeito do uso dos parquímetros. Os valores serão R$ 1, R$ 2, R$ 3, R$ 4 - este último para até duas horas. A tarifa de pós-utilização é de R$ 10, com 10 minutos de tolerância para a compra do tíquete”, enfatiza.

Vagas

O processo licitatório iniciou em agosto. No final do mês de outubro, a Comissão Especial de Licitação aprovou os testes realizados pela primeira colocada, em todos os equipamentos que serão disponibilizados na área de rotativo. O secretário de Segurança e Mobilidade, Luís Diego Soares, ressalta as projeções que indicam a qualidade do serviço a ser implantado. Ele disse que a empresa atua em 17 cidades e além de assumir a responsabilidade pelo serviço, Irá ampliar de 800 para 1.120 o número de vagas de estacionamento e modernizar o sistema, com a criação, por exemplo, de um aplicativo para celular, bem como site.

O sistema atual conta com 800 vagas e o processo deve ampliar este número para 1.120. 15% dessas vagas são para idosos e, neste caso, gratuitas. As novas áreas para instalação do sistema serão na avenida Presidente Vargas, entre a avenida Sete de Setembro e Marechal Floriano; na Félix da Cunha, entre avenida Sete de Setembro e General Osório; na avenida Carlos Mangabeira, entre avenida Sete de Setembro e General Osório; e na avenida Marechal Deodoro, em frente à Praça de Esportes. Também será implantado na Ismael Soares, entre avenida Sete de Setembro e Marechal Floriano, na General Sampaio, entre avenida Marechal Floriano e Marcílio Dias; e General Osório, da Doutor Veríssimo até a Mélanie Granier.

 

 

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...