ANO: 25 | Nº: 6436
12/11/2019 Segurança

Acusado de tentar matar mãe e irmãs vai a júri popular hoje

Luís Carlos Dutra Jacinto, conhecido como “Cascata”, de 41 anos, irá a júri popular hoje, a partir das 9h30min, no Fórum da Comarca de Bagé, acusado de tentar matar a mãe e duas irmãs no dia 21 de junho de 2018, na rua Jorge Abdala Kalil, bairro Getúlio Vargas, ateando fogo na residência da família, após as vítimas terem se recolhido aos aposentos.

Segundo sentença de pronúncia, na ocasião, o denunciado, inconformado pelo fato de sua mãe ter-lhe negado dinheiro, desentendeu-se com ela, o que o fez deixar o lar familiar, onde residia. "Ao anoitecer, alterado e irritado, retornou à residência, momento em que discutiu com as ofendidas, ameaçando-as de morte. Então, as vítimas, aproveitando que o denunciado deixou o local, trancaram a porta da casa, a fim de impedir o seu retorno, ocasião em que o acusado arrombou, mediante chutes, a porta frontal da residência. Ato contínuo, ele permaneceu em seu quarto, aguardando as vítimas se recolherem aos seus aposentos", menciona a acusação.

Os delitos, segundo citado, foram impelidos por motivo fútil, uma vez que decorrente de desavença ocasionada pelo fato de terem negado dinheiro ao denunciado, e também porque a mãe mandou embora da residência dois indivíduos estranhos que estavam com o denunciado, que ficou bravo. "Os crimes foram cometidos mediante o emprego de fogo, utilizado para incendiar a residência das ofendidas. Ademais, os delitos foram praticados mediante recurso que dificultou a defesa das vítimas, haja vista que foram surpreendidas dentro da residência familiar, à noite, enquanto estavam recolhidas aos seus aposentos, e de inopino, o que lhes reduziu sensivelmente as possibilidades de reação", frisa a sentença de pronúncia.

 

 

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...