ANO: 25 | Nº: 6398
30/11/2019 Cidade

Ronaldo Hoesel apresenta balanço de atividades da Seinfra

Foto: Tiago Rolim de Moura

Ex-secretário está em licença de saúde
Ex-secretário está em licença de saúde
Ronaldo Hoesel deixou a Secretaria Municipal de Infraestrutura e Desenvolvimento Urbano (Seinfra) no dia 22 de novembro. Ele retomou o mandato de vereador pelo PTB, na segunda-feira, e pediu licença de 20 dias para tratamento de saúde. Enquanto isso, Geraldo Saliba, líder da bancada petebista, segue na Câmara de Vereadores. Na sexta-feira, Hoesel apresentou um balanço dos dois anos e 11 meses que esteve à frente da pasta. Ele disse que saiu com a 'sensação de dever cumprido' com o que se propôs e frustrado com atividades que não pode concluir. O ex-secretário agradeceu aos servidores, destacando que os funcionários da pasta foram imprescindíveis para a realização do trabalho.
Hoesel observa que a Seinfra tem muitas demandas e atua em várias frentes de trabalho, como a pavimentação, iluminação pública, limpeza e saneamento. Nos últimos meses, devido à falta de recursos da prefeitura, muitas atuações foram prejudicadas. Ele destaca que o município conta com 350 quilômetros (km) de vias sem calçamento e 70 km com calçamento. Apesar do pouco maquinário (apenas três patrolas), foram realizados mais de 30 km de asfalto novo e 18 km de operação tapa-buraco, além do patrolamento em mais de cinco mil metros com a utilização de 10 mil cargas de cascalho.
Um dos problemas que enfrentou, nos últimos meses, além da falta de recursos, foi a implantação da usina de asfalto, transferida para a cascalheira às margens da BR-153. Segundo Hoesel, não foi possível concluir as rampas e outras estruturas necessárias para o funcionamento do equipamento. “Com isso, vários projetos ficaram pendentes, como o recapeamento da Narciso Sunẽ, General Osório e Marechal Floriano. A usina produziu até maio”, salienta. O ex-secretário salienta que, durante sua gestão, foram implantados, somente pela pasta, 10 mil metros de bueiros em vários bairros e também 8,8 mil metros nas vias que foram pavimentadas.

Iluminação
Hoesel comenta que, durante este ano, a pasta adquiriu três caminhões para a iluminação pública e, com isso, conseguiu recuperar praças e vias. Ele conta que Bagé tem cerca de 14 mil pontos de luz e foi realizada a troca de lâmpadas amarelas por brancas, além de implantação, em alguns pontos, de LED. “Realizamos 15,5 mil consertos e conseguimos zerar a demanda. A pasta conta com um canal 24h para atender a população”, disse.
O ex-secretário também informa que o projeto de Parceria Público Privada (PPP) para a iluminação, que deve ampliar para 17 mil pontos de luz em Bagé, está pronto para a licitação. “Vários municípios já estão implantando o modelo. Já estamos com todas as etapas cumpridas”, informa.

Limpeza
O ex-secretário também relata que a pasta conta com cinco servidores para a limpeza e teve o reforço de 15 apenados, através do Protocolo de Ação Conjunta (PAC), que ajudou muito na manutenção das vias. Hoesel salienta que se esforçou e procurou ser presença constante nas obras. “Fizemos um trabalho em conjunto com as equipes”, frisa.

Futuro
A ida para a Câmara de Vereadores, no final deste ano, já estava prevista por Hoesel. Ele afirma que quando recebeu a oportunidade de ser secretário acreditou que tinha muito para contribuir com o governo. E agora destaca que o momento precisa de serenidade e acredita que poderá fazer esse papel no Legislativo.
Hoesel argumenta que ‘seguirá na luta pela infraestrutura e em busca de recursos parlamentares para obras no município’. Uma das demandas será a melhoria para as avenidas Santa Tecla e Visconde de Ribeiro Magalhães.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...