ANO: 26 | Nº: 6526
12/12/2019 Empreendedor

Bolsa de Notícias

Kakareko
A loja está com um estoque super bacana para o Natal, com uma linha de brinquedos para agradar a criançada , além de enfeites especiais para deixar a árvore de Natal ainda mais bonita e iluminada com valores a partir de R$ 8, além de itens com desconto especial. A loja funciona neste domingo, das 15h30min às 19h, na Avenida Sete de Setembro, nº 1.278. O contato pode ser feito através dos telefones (53) 3312.2751 e 999 300 783.

Lojas Obino
Presentei-se com uma TV nova neste Natal. Hoje ainda é possível comprar e parcelar em até 10 vezes sem juros nos cartões. Para quem tem o cartão Obino Visa Internacional, o Natal fica ainda mais fácil, principalmente para aproveitar as vantagens.

Banrisul
As condições de renegociação do Banrisul foram estendidas até o dia 30 de dezembro, para que os clientes possam entrar o ano com as pendências negociadas. Os clientes com créditos inadimplentes terão descontos de até 90% do valor à vista, de acordo com o prazo de vencimento da dívida; parcelamento em até 96 meses e taxa de juros a partir de 0,69% ao mês. Os correntistas do Banrisul também podem regularizar os débitos pelo Portal de Solução de Dívidas localizado no site www.banrisul.com.br/negocie e por meio do aplicativo Banrisul Digital, na função Resolva Dívidas em Atraso.

Refaz 2019
Amanhã, 13, é o último dia para os contribuintes que possuem débitos de ICMS vencidos até 31 de dezembro de 2018 aderir ao "Refaz 2019". O programa apresenta quatro modalidades de quitação: a primeira, com redução de 90% dos juros e até 90% das multas, exige que o contribuinte arque em apenas uma parcela com todos os débitos de todos os estabelecimentos; a segunda, também exige o pagamento à vista, no entanto permite ao contribuinte escolher quais os débitos que pretende pagar, com redução dos juros em 60% e das multas em até 60%; a terceira, prevê parcelamento dos débitos em até 120 vezes, mas requer valor mínimo de 15% do montante parcelado; a quarta modalidade permite ao contribuinte escolher os débitos que pretende regularizar, não exige o pagamento de pedágio, porém limita o parcelamento em 60 meses. As reduções variam entre 40% dos juros e 30% das multas, em caso de pagamento em até 12 parcelas, e 40% dos juros e 10% das multas, para parcelamento de 37 a 60 parcelas, além de prever às empresas optantes do Simples Nacional a possibilidade de parcelar seus débitos em até 120 meses, com redução de 40% dos juros e sem redução do valor das multas.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...