ANO: 25 | Nº: 6488
21/12/2019 Cidade

Urcamp tem 12 trabalhos aprovados em evento internacional de educação superior

Foto: Chrystian Ribeiro/Ascom

Professores comemoraram resultado; evento, no Uruguai, ocorre nos dias 22, 23 e 24 de abril
Professores comemoraram resultado; evento, no Uruguai, ocorre nos dias 22, 23 e 24 de abril
A Urcamp encerrou, quinta-feira, as atividades letivas de 2019, mas não antes de destacar mais um motivo de comemoração junto à sua equipe e estudantes. Os organizadores das II Jornadas Regionales de Investigación en Educación Superior (Jornadas regionais de investigação em educação) começaram, no dia 17, a divulgação dos projetos aprovados para o evento que acontece na capital do Uruguai, nos dias 22, 23 e 24 de abril de 2020. E pelo menos 12 trabalhos escritos ou em co-autoria entre professores e acadêmicos da Urcamp foram confirmados para serem apresentados no Instituto de Perfeccionamiento y Estudios Superiores da cidade de Montevideo, Uruguai.
O curso de Jornalismo da Urcamp registra seis projetos apresentados, envolvendo cinco professores e 12 estudantes; o curso de História tem três trabalhos, incluindo parceria com o curso de Sistemas Informação na conjugação de três professores e cinco estudantes; a Pedagogia apresenta com o curso de Ciências Biológicas proposta elaborada por duas professoras; o curso de Agronomia apresenta um projeto com uma professora e dois acadêmicos; e os cursos de Administração e Ciências Contábeis marcam presença com o trabalho de um professor.
"Independente da quantidade, o importante é perceber a ampliação da participação da Urcamp em eventos científicos na área do ensino superior. Afinal são experiências que demonstram nosso interesse em avançar na qualidade da oferta em educação e o reconhecimento que já estamos alcançando", antecipa o coordenador do curso de Jornalismo, Glauber Pereira.
Conhecida incentivadora da produção científica, a coordenadora do curso de História, Clarisse Ismério, avalia a aprovação como uma caminhada de amadurecimento. "Acredito que estamos dando passos importantes para consolidar os nossos cursos sem desatender as exigências por novas metodologias. E isso significa compartilhar conhecimentos, adquirir novas experiências e publicá-las", frisou.

Aposta na inovação acadêmica e no protagonismo dos estudantes

A notícia vem coroar um trabalho de incentivo ao debate sobre novas perspectivas da educação superior promovido nos círculos internos de capacitação profissional da Urcamp desde os preparativos para credenciar-se como Centro Universitário. Obtendo a nota máxima do Ministério da Educação (MEC) em seus projetos presenciais e a distância entre 2018 e 2019, a Urcamp vem intensificando os estudos em metodologias ativas e uso de tecnologias da comunicação e educação, preocupação iniciada ainda no período em que implantou componentes curriculares semipresenciais e disciplinas híbridas em todos os seus 20 cursos (2017).
A inclusão de novas metodologias é focada em procedimentos de ensino-aprendizagem capazes de transformar as aulas em experiências significativas para os estudantes. Parte desse processo deve ser alcançado desenvolvendo as habilidades e competências dos acadêmicos, estimulando sua iniciativa a partir da resolução de desafios reais. Para a Urcamp, um meio eficiente de alcançar excelência nesse projeto é a preparação e atualização de seu corpo docente.
Alguns exemplos a comprovar essa preocupação podem ser observados na criação do Núcleo de Aperfeiçoamento Pedagógico (NAP), cuja proposta é manter-se como um grupo multidisciplinar encarregado de aprofundar questões conceituais e práticas sobre o exercício da docência no ensino superior. Por isso, o NAP é responsável pela capacitação permanente de professores e de funcionários desde outubro de 2018, período em que mais de 40 eventos de atualização já foram realizados. "O NAP tem sido um suporte aos objetivos de inovação implantados pela Urcamp com a oferta da Graduação i, modelo acadêmico que prioriza o ensino por competências e propõe uma educação baseada no aprender fazendo e na interação dos conteúdos acadêmicos com a realidade vivida nas comunidades onde atua", esclarece a pró-reitora de Ensino da Urcamp, professora Virgínia Paiva Dreux.
Já o vice-reitor, Fábio Josende Paz, que também teve projeto aprovado no evento do Uruguai, lembra que a proposta de inovação advinda com a Graduação i pode ser considerada uma realidade cada vez mais sólida. "Nossa proposta de atualização e transformação pela educação é tão clara e tão assumida pelos nossos professores que mais de 100 profissionais estão destinando um sábado por mês para a formação continuada no MBA de Ensino híbrido e metodologias ativas promovido pela Urcamp em parceria com o Centro Universitário UniAmerica do Paraná", avalia.
A listagem completa de projetos selecionados e seus respectivos autores e co-autores consta nesta reportagem publicada no site do Jornal Minuano. Durante os próximos dias, outras confirmações deverão ser divulgadas pelos organizadores.

Lista de projetos selecionados

GRÁFICO 1
JORNALISMO
Cinejornal Urcamp Documenta no Festival Internacional de Cinema da Fronteira: educação e audiovisual com protagonismo estudantil
Glauber Pereira – Mestre – Urcamp
Jeferson Vainer – Especialista – Urcamp
Marcelo Rodriguez - acadêmico Urcamp
Távisson Esteves - acadêmico Urcamp
Filipe Pérez - acadêmico Urcamp

Movieaula: a construção de um modelo de videoaula para os ensinos híbrido e a distância da Urcamp
Glauber Pereira – Mestre – Urcamp
Christian Severo - Especialista - Urcamp
Jeferson Vainer – Especialista – Urcamp
Marcelo Rodriguez – Acadêmico Urcamp
Augustho Soares – Acadêmico Urcamp
Urcamp Documenta: documentário como meio de ensino e registro da memória coletiva
Marcelo Rodriguez - Acadêmico Urcamp
Glauber Pereira – Mestre – Urcamp
Jeferson Vainer – Especialista – Urcamp
Roberta Mércio – Especialista - Urcamp
Miquéli Romero - Acadêmico Urcamp

CineClube Urcamp Documenta: debate coletivo e construção de olhares críticos
Gabriel Munhoz – Acadêmico Urcamp
Glauber Pereira – Mestre – Urcamp
Marcelo Rodriguez - Acadêmico Urcamp
Cristiane Ramires - Acadêmico Urcamp
Gabriel de Bem - Acadêmico Urcamp

Revista Alphorria: identidade na construção de um povo multicultural
Augustho Soares – Acadêmico Urcamp
Cristiane Pereira – Mestre - Urcamp
Marcelo Rodriguez - Acadêmico Urcamp
Nadine Posqui - Acadêmico Urcamp
Jéssica Velleda - Acadêmico Urcamp

Minuano em vídeo: diversificação de conteúdo e convergência midiática
Murilo Alves – Acadêmico Urcamp
Cristiane Pereira – Mestre - Urcamp
Marcelo Rodriguez - Acadêmico Urcamp
Augustho Soares - Acadêmico Urcamp
Larissa Macedo - Acadêmico Urcamp

HISTÓRIA
Ensino por competências: criatividade e inovação no currículo de História
Clarisse Ismério – Doutora – Urcamp
Christian Severo - Especialista - Urcamp

Sarau Noturno: educação patrimonial sob o olhar da arte cemiterial
Clarisse Ismério – Doutora – Urcamp
Ketherine Acosta - Acadêmico Urcamp
Felipe Fagundes - Acadêmico Urcamp

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO/HISTÓRIA

Patrimônio Digital: desenvolvendo soluções tecnológicas para organização e preservação de acervos museológicos
Fábio Paz – Mestre – Urcamp
Clarisse Ismério - Doutora - Urcamp
Márcia Leite - Bacharel - Urcamp
Helison C. Ortiz - Acadêmico Urcamp
Leonardo Braga - Acadêmico Urcamp

PEDAGOGIA/BIOLÓGICAS
Protagonismo acadêmico: rotação por estações
Ângela Jagmin Carretta – Mestre – Urcamp
Lize Cappelalri - Doutora - Urcamp

AGRONOMIA
Práticas agroecológicas junto aos assistidos da Apae
Ana Cláudia Kalil Huber – Doutora – Urcamp
Daniel Carlos Pimentel - Acadêmico Urcamp
Tainá Alves da Rosa - Acadêmico Urcamp

ADMINISTRAÇÃO/CIÊNCIAS CONTÁBEIS
Atividades integradoras: interdisciplinaridade entre as componentes curriculares dos cursos de administração e ciências contábeis
Marilene Vaz Silveira – Mestre – Urcamp

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...