ANO: 25 | Nº: 6485
23/12/2019 Cidade

Mobilização vai abraçar, hoje, o Clube Comercial

Foto: Tiago Rolim de Moura

Mobilização acontece às 12h em frente a entidade
Mobilização acontece às 12h em frente a entidade

 

Com o objetivo de mobilizar a comunidade para que o Clube Comercial se torne um patrimônio afetivo de Bagé, a Urcamp e o Núcleo de Engenheiros e Arquitetos de Bagé (Neab) convidam a comunidade para, nesta segunda-feira, abraçar o prédio da entidade. O ato está agendado para ocorrer ao meio-dia.
Fundada em 3 de junho de 1886, a entidade deve encerrar as atividades no dia 31 de dezembro e a venda do prédio foi aprovada em assembleia de sócios, no final de julho, que estipulou um valor mínimo para a comercialização: R$ 8 milhões.
Em novembro, os professores do curso de Engenharia Civil da Urcamp, Emílio Mansur, Daniela Marques e Ronald Rolim de Moura apresentaram uma proposta para a revitalização da entidade e, agora, adeptos da proposta buscam parcerias para a viabilizar a ideia. O projeto arquitetônico foi idealizado pela formanda da graduação de Arquitetura e Urbanismo, Gabriela Pereira Morales, orientada pela professora Marília Barbosa e implementado pelos engenheiros através do novo modelo de ensino da instituição de Ensino Superior, que conta com demandas da sociedade atendidas pelos projetos integradores realizados pelos acadêmicos.
Conforme Mansur, a ideia é conscientizar a população e mobilizar a cidade para que o ato faça parte do processo de tornar o clube um patrimônio afetivo, e, desse modo, o prédio continue sendo usado conforme sua constituição e não seja descaracterizado caso seja vendido. “Queremos evitar a venda do clube e também dos móveis, pois eles fazem parte do patrimônio e estão inventariados”, disse.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...