ANO: 26 | Nº: 6491
31/12/2019 Segurança

BM contabiliza 139 barreiras policiais, em dezembro, na área urbana de Bagé

Foto: Divulgação

Ações resultaram no recolhimento de 40 veículos
Ações resultaram no recolhimento de 40 veículos

Desde o início do mês de dezembro até o dia 25, a Brigada Militar intensificou o trabalho de fiscalização e realizou 139 barreiras policiais em toda área urbana do município, em locais variados, escolhidos pelos índices criminais do Sistema Avante. A informação é do responsável pelo efetivo da BM, capitão Daniel Oliveira da Silva.

À reportagem, Silva ressalta que mesmo com o natural recuo de efetivo neste mês, devido ao início da Operação Golfinho, quando há deslocamento de policiais para o litoral gaúcho, estratégias eficientes de policiamento, com ênfase em ações de visibilidade e ostensividade, como as decorrentes da Operação Papai Noel, colaboraram para que a Brigada Militar em Bagé mantivesse números elevados de produtividade. “Com ações cirúrgicas e eficazes, proporcionando à comunidade sensação de segurança e relativa normalidade em suas rotinas, mesmo com menos barreiras policiais e abordagens”, explicou. Ele ainda frisou que tal estratégia provocou o decréscimo de crimes e o desestímulo dos criminosos, em casos pontuais.

O capitão destaca que, em decorrência dessas ações, não só das barreiras, foram abordadas 1.637 pessoas e 1.513 veículos vistoriados, dos quais 122 foram autuados e 40 recolhidos, por motivos diversos. “Ainda, nesse período, foram atendidas 215 ocorrências, ao total, decorrentes tanto de despacho pelo 190, quanto de demandas pessoalmente comunicadas. Foram realizadas 62 prisões em flagrante delito com um total de 72 apreensões de objetos diversos, entre armas de fogo, facas, drogas, telefones celulares e dinheiro”, complementou.

O responsável pelo efetivo da BM completa dizendo que, dentre as prisões, destacam-se um detido por furto, outro e dois menores apreendidos por roubo a residência, um por roubo de veículo (quando a apropriação é praticada mediante violência contra a pessoa), três pelo crime de organização criminosa e, por fim, 10 por tráfico de drogas. Ainda, conforme registros estatísticos da Brigada Militar, foram feitos 37 Boletins de Ocorrência Policial, quando a vítima procura a polícia para registro de uma ocorrência, da mesma forma como ocorre na Delegacia de Polícia Civil, salienta o capitão. “Foram realizadas 25 prisões, através de lavratura de Termo Circunstanciado, para ocorrências de menor potencial ofensivo, ou seja, quando o acusado está presente, mas assume o compromisso de comparecer perante o Judiciário, permanecendo em liberdade. Foram capturados um total de seis foragidos, indivíduos que constam com mandado de prisão no sistema”, declara.

Finalizando, o capitão da BM ressaltou que não houve aumento das fiscalizações. Ele frisa, porém, que em função de tais ações, foi percebida uma "manutenção da normalidade na segurança".

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...